PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras tenta 'sair na frente' com planejamento adiantado para 2019

Do UOL, em São Paulo

10/12/2018 04h00

O Palmeiras levantou o troféu do Campeonato Brasileiro há apenas sete dias, mas já tem quase tudo acertado para a temporada que vem. O clube tem as carências do elenco identificadas, reforços oficializados e negociações adiantadas para as últimas peças do grupo de 2019. O planejamento do decacampeão está bem encaminhado.

O departamento de futebol alviverde elegeu duas posições como alvos de reforços para o ano que vem: segundo volante e atacante de velocidade. Os eleitos para ocuparem tais postos parecem ser Matheus Fernandes, por quem já há um acordo com o Botafogo, e Carlos Eduardo, que está no Pyramids, do Egito, e deve ser repatriado pelo Palmeiras. Mesmo um plano B já está engatilhado: se as conversas por Carlos Eduardo não avançarem com os egípcios, a alternativa é Felipe Pires, do Hoffenheim (ALE).

Com um volante e um atacante, o Palmeiras julga cobrir todas as posições para ter um elenco ainda mais completo em 2019. Movimentações neste sentido começaram há vários meses, com os acordos com Zé Rafael e Arthur, dois destaques do futebol brasileiro que chegam respectivamente de Bahia e Ceará.

O clube ainda se calça quanto às possíveis saídas. Dudu naturalmente deve despertar maior interesse em clubes estrangeiros após ser eleito o craque do Brasileirão, por isso o Palmeiras pensa em conceder um aumento salarial para mantê-lo. Até Felipão, que recentemente foi alvo da seleção colombiana, não deixou a história crescer e disse já ter falado com Alexandre Mattos sobre sua permanência.

Adiantado em todas as frentes, o Palmeiras pretende entrar em 2019 de forma tranquila e com o elenco pronto logo no primeiro dia de pré-temporada. A agilidade é valorosa, pois o calendário do ano que vem prevê estreia no Campeonato Paulista já em 20 de janeiro, contra o Red Bull Brasil, fora de casa.

Futebol