PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fora do Atlético-MG em 2019, Tomás Andrade pode continuar no Brasil

Tomás Andrade em treino do Atlético-MG; jogador quer ficar no Brasil em 2019 - Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação
Tomás Andrade em treino do Atlético-MG; jogador quer ficar no Brasil em 2019 Imagem: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

23/11/2018 12h00

Tomás Andrade não ficará no Atlético-MG em 2019. Porém, o futuro também não deve ser o River Plate, da Argentina, clube com o qual tem contrato até junho de 2020. O argentino foi procurado por brasileiros e sente-se à vontade no país. A ideia dele e de seu estafe é permanecer para ganhar ainda mais maturidade.

"Penso que o Tomás continuará no futebol brasileiro. Eu não tenho certeza ainda de onde ele vai jogar, mas a minha sensação é que ele continuará no Brasil, porque ele se sente muito à vontade no país", disse Matías Baredes, um dos agentes do meia-atacante, ao UOL Esporte.

"Para o crescimento dele, é importante jogar um ano mais no Brasileirão. Eu sou otimista e penso que ele vai continuar no Brasil. Mas temos cinco, seis consultas por ele, por já estar adaptado ao futebol do Brasil. Para nós, é melhor que ele continue jogando no país. Somos otimistas que ele vai continuar", acrescentou.

O Atlético-PR foi um dos clubes que fez consulta ao jogador para a próxima temporada. Ainda não foi oficializada uma proposta, mas os semifinalistas da Copa Sul-Americana já demonstraram interesse em contar com o atleta em 2019.

O Atlético-MG tem preferência para adquirir os direitos econômicos de Tomás Andrade, avaliados em 3,75 milhões de euros (R$ 16,3 milhões, na cotação atual). No entanto, por não ter dinheiro em caixa, descarta a manutenção do camisa 8 em 2019. Ele está no clube por empréstimo até dezembro.

Tomás Andrade já foi avisado pelo presidente Sérgio Sette Câmara que não terá o vínculo renovado. Ciente de que não permanecerá na Cidade do Galo, ele nem sequer é acionado por Levir Culpi nos jogos do time. A sua última partida foi ainda sob a batuta de Thiago Larghi, técnico anterior. Ele não atua desde 15 de outubro, quando o time empatou em 0 a 0 com o América-MG pela 29ª rodada do Brasileirão.

Argentino foi observado por seleção italiana

Natural de Temperley, nas imediações de Buenos Aires, Tomás Andrade esteve na mira de representantes da FIGC (Federação Italiana de Futebol). O jogador tem passaporte italiano e foi observado pela comissão técnica no início de sua carreira no River Plate e, posteriormente, durante a passagem pelo Atlético. O futebol apresentado pelo jogador, no entanto, ainda não convenceu os profissionais da seleção europeia.

Futebol