PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Para enfrentar Camarões, seleção sairá da cama direto para o vestiário

Por Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de Milton Keynes (Inglaterra)

20/11/2018 04h00

Não vai ser literalmente, mas quase isso: quando a seleção brasileira enfrentar Camarões para encerrar o seu ano nesta terça-feira (20), às 17h30 (de Brasília), Neymar, Arthur e companhia não terão de se preocupar com trânsito ou cronometrar os minutos para a chegada ao Stadium MK, em Milton Keynes, nos arredores de Londres. Será praticamente da cama, passando pelo elevador e descendo para o vestiário.

Acesso direto ao estádio do Milton Keynes 2 - Milton Keynes/Colaboração para o UOL - Milton Keynes/Colaboração para o UOL
Imagem: Milton Keynes/Colaboração para o UOL
E tudo isso, no passo mais devagar possível, em menos de três minutos.

A delegação do Brasil está hospedada desde o fim de semana em um hotel que fica dentro do complexo do próprio estádio, pertencente ao MK Dons, clube da quarta divisão inglesa.

É uma experiência inédita para a maioria dos jogadores, que passou por apuros no amistoso anterior, contra o Uruguai, no Emirates Stadium, em Londres.

“Cara, não sei se no futebol mundial tem um lugar assim, não (como o Stadium MK). Abri a janela (do quarto) e falei, ‘que é isso, é o estádio’ (risos). A gente vê que aqui é diferenciado, o pessoal é apaixonado por futebol. Quem observa como eu acharia que aqui é um time que brigaria pelo título pela estrutura que tem e o que oferecem”, comentou o zagueiro Dedé.

“Já fiz até vídeo, mostrei para a família, uma experiência que ficará guardada para mim”, prosseguiu.

Estádio do Milton Keynes - Marcus Alves/Colaboração para o UOL - Marcus Alves/Colaboração para o UOL
Imagem: Marcus Alves/Colaboração para o UOL
Outros membros do grupo também fizeram o registro e postaram por meio das redes sociais, caso do goleiro Ederson e do tetracampeão mundial Claudio Taffarel.

“Aí você entra no quarto e tem essa varanda espetacular”, escreveu o camisa 1 do Manchester City, ao postar uma imagem de seu quarto.

Na sexta-feira passada (16), eles tiveram de ficar a todo momento de olho no relógio. A delegação sofreu com o engarrafamento no caminho entre St. Albans, pequena cidade em que estavam, até o centro de Londres e chegaram em cima da hora para o jogo, ao redor de 50 minutos do pontapé inicial.

A programação teve de ser toda ela acelerada no vestiário e para o aquecimento no campo. A escalação também demorou mais do que o comum para ser divulgada.

A expectativa é que o técnico Tite realize seis mudanças na escalação para enfrentar os camaroneses. Ele adiantou que Ederson, Pablo e Alex Sandro estarão entre as novidades e que Renato Augusto, com desgaste, é ausência confirmada.

Futebol