PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Troca de gramado e show afetam agenda do Grêmio na Arena em 2019

Gramado da Arena do Grêmio será trocado outra vez após seis meses e novas críticas - Reprodução
Gramado da Arena do Grêmio será trocado outra vez após seis meses e novas críticas Imagem: Reprodução

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

14/11/2018 04h00

A Arena do Grêmio passará por nova troca de gramado no fim do ano. Com isso, a tabela de jogos do clube no Campeonato Gaúcho precisou ser alterada, e a estreia da equipe foi adiada. Em 2019, o Grêmio só jogará como mandante após duas rodadas. E em fevereiro, terá acúmulo de partidas em Pelotas por conta de show do cantor britânico Ed Sheeran.

O UOL Esporte havia mostrado que o estádio poderia ter nova troca de gramado seis meses após a mais recente intervenção, durante a Copa do Mundo.

O Grêmio enfrenta Novo Hamburgo e Aimoré, em 20 e 23 de janeiro, fora de casa. O primeiro jogo na Arena está marcado para o dia 27, contra o Juventude.

A troca de gramado começará ainda na primeira quinzena do próximo mês. O Grêmio encerra o Brasileirão em casa, no dia 2 de dezembro, contra o Corinthians. O processo de troca tem etapa de retirada completa do gramado, preparação do solo e replantio. Depois, manutenção.

Com o cronograma montado pela Arena Porto-Alegrense, empresa que administra o estádio, o Grêmio comunicou à FGF (Federação Gaúcha de Futebol) e a entidade pediu anuência dos demais clubes do Campeonato Gaúcho para elaborar tabela de jogos dirigida e não via sorteio.

A agenda gremista no estadual também sofreu influência de outro evento na Arena: o show de Ed Sheeran, agendado para 17 de fevereiro. Com o britânico no estádio, o Grêmio jogará duas rodadas seguidas em Pelotas. Encara o Brasil-PEL no mesmo dia do espetáculo e visita o Pelotas no dia 24 do segundo mês do ano.

Além do início fora de casa, a tabela de jogos do Grêmio ainda reserva três partidas seguidas na Arena na reta final da fase de classificação. O clube pegará Veranópolis, Inter e São José-POA nos dias 2, 10 e 17 de março.

Gramado é dor de cabeça antiga

Inaugurada em dezembro de 2012, a Arena do Grêmio convive com críticas ao gramado há tempos. Nos primeiros anos, o local sofreu com incidência solar, e equipamentos foram adquiridos para auxiliar na manutenção do campo. Após falhas e críticas públicas, houve melhora entre os anos de 2014 e 2015.

Nesta temporada, o gramado voltou a ser criticado publicamente. Chamado de "duro" e irregular no primeiro semestre, foi trocado durante a Copa do Mundo, e na retomada dos jogos teve prejuízos na drenagem pela técnica empregada no replantio. O Grêmio, conforme mostrou a coluna De Primeira, tentou mudar a empresa que faz manutenção e não conseguiu.

Além dos cuidados diários, o clube gaúcho tem bronca grande pela realização de eventos no gramado do estádio, como shows de grande porte com palcos no região central do campo de jogo e também ações privadas que exploram a condição da grama.

Futebol