Topo

Futebol


Modesto Roma vê impeachment justo e critica Peres e Rollo: "despreparados"

Eduardo Anizelli/Folhapress
Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Do UOL, em Santos (SP)

26/09/2018 17h28

Derrotado por José Carlos Peres nas eleições realizadas no fim do ano passado, Modesto Roma Júnior, presidente do Santos entre 2015 e 2017, resolveu se manifestar sobre a atual situação do clube e, especialmente, as polêmicas envolvendo o atual mandatário, que no próximo sábado (29) terá seu futuro decidido por sócios e pode ser destituído do cargo caso a maioria vote ‘sim’ pelo impeachment.

Nesta quarta-feira (26), Modesto Roma Júnior publicou no Facebook um texto em que detona a atual gestão do Santos e volta a chamar José Carlos Peres de ‘mentiroso’.

“Os sócios escolheram essa dupla que aí está à frente do nosso clube. Essa dupla que envergonha a nação santista”, diz trecho do texto.

De acordo com o ex-presidente santista, o processo de impeachment de José Carlos Peres é válido, uma vez que está previsto no estatuto.

“Sou a favor do estatuto. Mesmo ele sendo defeituoso, ele está aí e tem que ser respeitado. Mudá-lo é outra etapa. Muitas etapas de correção de rumo teremos que passar. Mas nesse momento o que se discute é se o presidente infringiu ou não o estatuto. Infringiu”, opinou.

Modesto Roma ainda classifica José Carlos Peres e o desafeto Orlando Rollo, vice, como ‘despreparados’ e pede total atenção aos torcedores pelo grave momento vivido pelo clube: “O momento é grave. Peço a todos reflexão. O Santos é maior que as pessoas”.

LEIA A NOTA COMPLETA:

OS HOMENS PASSAM E O SANTOS CONTINUA

Por Modesto Roma Júnior*

Olá santista,

Por respeito ao clube, a nove meses tenho ficado calado. Tenho sido insultado, caluniado, difamado e não tenho respondido. Tenho esperado que o tempo e a Justiça falem por mim. Tenho visto as barbaridades que nosso clube tem passado. Mas eles não se importam.

Os erros infantis cometidos por aqueles que se diziam preparados para administrar o clube são gritantes. No fim do ano passado, eu disse num debate de TV que o presidente é mentiroso. Disse e confirmo.

Os sócios escolheram essa dupla que aí está à frente do nosso clube. Essa dupla que envergonha a nação santista. Que prega o sectarismo entre alvinegros. Que promove a disputa entre aqueles que moram aqui ou acolá como se o CEP fosse termômetro de santistidade. Nos vemos às vésperas de uma votação vergonhosa sobre o impedimento do presidente. E querem transformar essa votação numa eleição entre esse, aquele ou o outro.

Me perguntam se sou a favor deste ou daquele. Não se trata dessa escolha. Sou a favor do estatuto. Mesmo ele sendo defeituoso, ele está aí e tem que ser respeitado. Mudá-lo é outra etapa. Muitas etapas de correção de rumo teremos que passar. Mas nesse momento o que se discute é se o presidente infringiu ou não o estatuto. Infringiu. Isso é transparente. O voto não é para escolher entre o presidente e o vice. Ambos, na minha opinião, são despreparados.

Tenho visto a hashtag #eunaovoteinele. Eu mudaria. #eunaovoteineles

Hoje precisamos tirar esse mal que está aí. Se tiver outra erva daninha, tiramos depois. Só não podemos nos omitir porque ele não é o único ruim. Vamos fazer o que temos que fazer agora, e depois continuamos atentos.

O momento é grave. Peço a todos reflexão. O Santos é maior que as pessoas.

Futebol