PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Messi fica apenas em 5º no The Best e atrás de Mbappé; CR7 foi o 2º

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/09/2018 17h48

Terminada a premiação The Best, que reverencia os destaques da temporada no futebol, a Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados) divulgou o resultado final dos prêmios individuais. Desbancados por Luka Modric, do Real Madrid, nesta segunda-feira (24), em Londres, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi terminaram em segundo e quinto, respectivamente.

Leia mais:

Marta é eleita pela sexta vez a melhor jogadora do mundo
Marcelo e Dani Alves entram em time da temporada; Neymar fica fora
Gol de Salah em clássico na Inglaterra desbanca CR7 e leva Prêmio Puskas
Fifa relembra Chape, e Follmann entrega prêmio de melhor goleiro a Courtois

O meio-campista croata recebeu 29,05% dos votos, divididos em peso de igualdade entre o capitão e o técnico de cada seleção, um jornalista de cada país inscrito na Fifa e de torcedores registrados no site oficial da entidade mais importante do futebol mundial. Cristiano Ronaldo terminou com 19,08%.

Já Lionel Messi, fora da lista dos finalistas, acabou com apenas 9,81%, fechando o top-5. Mohamed Salah, do Liverpool, foi o terceiro com 11,23%, enquanto Kylian Mbappé terminou na quarta posição (10,52%).

Nem Messi e nem Cristiano Ronaldo estiveram no evento ocorrido na noite desta segunda. Ambos, no entanto, entraram no time ideal do ano, eleição ocorrida entre os próprios jogadores via FifPro.

Também aparecem entre os dez melhores o francês Antoine Griezmann (6,69%); os belgas Eden Hazard (5,65%) e Kevin De Bruyne (3,54%); o francês Raphael Varane (3,45%); e o britânico e Harry Kane (0,98%).

Entre as mulheres, o equilíbrio ditou a disputa. Eleita pela sexta vez a melhor do mundo, Marta ganhou o prêmio com 14,73%. O segundo lugar ficou com a alemã Dzsenifer Marozsán, dona de 12,86% da preferência. A norueguesa Ada Hegerberg acabou como a terceira da lista (12,60%).

Confira a lista de vencedores na premiação The Best:

Melhor jogador (futebol masculino): Modric (Real Madrid/Croácia)
Melhor jogadora (futebol feminino): Marta (Orlando Pride/Brasil)
Premio Puskás (gol mais bonito): Mohamed Salah (Gol pelo Liverpool contra o Everton)
Melhor técnico (futebol masculino): Didier Deschamps (França)
Melhor técnico (futebol feminino): Reynald Pedros (Lyon)
Melhor goleiro: Thibaut Courtois (Real Madrid/Bélgica)
Melhor torcida: Peruanos na Copa do Mundo
Fair Play: Lennart Thy 
Seleção da temporada: David De Gea (Manchester United/Espanha); Dani Alves (PSG/Brasil), Sergio Ramos (Real Madrid/Espanha), Raphael Varane (Real Madrid/França) e Marcelo (Real Madrid/Brasil); Luka Modric (Real Madrid/Croácia), N’Golo Kanté (Chelsea/França) e Eden Hazard (Chelsea/Bélgica); Lionel Messi (Barcelona/Argentina), Kylian Mbappé (PSG/França) e Cristiano Ronaldo (Juventus/Portugal)

Futebol