PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após 1ª derrota no México, Maradona reclama de árbitro e promete ir à Fifa

Pedro Pardo / AFP
Imagem: Pedro Pardo / AFP

Do UOL

Em São Paulo

23/09/2018 09h56

Diego Maradona ficou furioso com a arbitragem em seu primeiro revés comandando o Dorados de Sinaloa, do México, na noite do último sábado (22), diante do Alebrijes Oxaca, em confronto válido pela segunda divisão do futebol local. Depois da derrota por 1 a 0, o argentino reclamou da postura do árbitro Aldo Cano Martínez durante a partida e assegurou que fará uma reclamação formal na Fifa.

“Houve várias faltas perigosas que devemos erradicar no futebol. Estou fazendo um relatório para leva-lo à Fifa. Não se pode fazer isso com um colega de profissão que ganha a vida com isso”, disse o antigo craque argentino. “Com um árbitro de uma outra categoria teria sido diferente, um grande jogo. O árbitro deixou muito o jogo correr e não fez cumprir o regulamento”, completou Maradona.

Apesar da indignação do ex-camisa 10 da seleção alviceleste, o confronto foi marcado pelo alto número de cartões. No total, nove jogadores foram amarelados. Ainda assim, Maradona considerou que a partida esteve em um alto nível e elogiou o desempenho do seu time.

“Eu não gosto de falar sobre árbitros, mas ambas equipes jogaram um futebol bárbaro. Estou orgulhoso e feliz pelos meus jogadores. O que eu disse, eles fizeram na primeira etapa. Apesar disso, tivemos um rival forte, que nos dificultou entrar pelas laterais”, concluiu.

Em seu segundo jogo à frente do Dorados de Sinaloa, Maradona coleciona uma vitória e uma derrota na equipe mexicana. Na estreia, sua equipe venceu o Cafetaleros por 4 a 1.

Futebol