PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Kaká quer descanso, mas "já faz parte" da diretoria do Milan, diz Leonardo

Kaká em visita ao estádio do Milan durante a partida com a Roma, no fim de semana - MARCO BERTORELLO / AFP
Kaká em visita ao estádio do Milan durante a partida com a Roma, no fim de semana Imagem: MARCO BERTORELLO / AFP

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

04/09/2018 04h00

Embora diga que neste ano ainda queira ficar com os filhos e descansando no Brasil, Kaká já tem quase tudo certo para o primeiro emprego após a carreira de atleta. O Milan abriu as portas para que ele inicie trajetória como dirigente e Leonardo, que lidera o futebol do clube italiano, conta com o ex-meia em sua equipe.

"Kaká já faz parte. É o último Bola de Ouro de um jogador do Milan e isso é eterno. Com a gente, há essa abertura. O que pode ser feito? Pode ser feita muita coisa. Por enquanto ele tem suas prioridades, quer ficar no Brasil com a família. Vai ser considerado (um cargo), mas o fato é que estará sempre próximo da gente", disse Leonardo.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Futebol