PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-Liverpool, Doni aposta em amigo no clube por sucesso imediato de Alisson

AFP PHOTO/PAUL ELLIS
Imagem: AFP PHOTO/PAUL ELLIS

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

11/08/2018 14h40

Histórico com passagem pela seleção brasileira e uma transferência Roma-Liverpool. Alisson não é o primeiro goleiro brasileiro a percorrer este caminho. Doni, campeão da Copa América de 2007 com destaque, passou por experiência similar e só teve a passagem pelos Reds interrompida por causa de um problema grave de saúde que o fez pendurar as chuteiras – e as luvas – aos 34 anos.

Apesar do enorme baque por conta de uma parada cardiorrespiratória durante exames no Liverpool em julho de 2012, o ex-goleiro de Corinthians, Santos e Cruzeiro diz ter boas lembranças da passagem pelo futebol inglês. Destaque para a amizade com o preparador de goleiros do Liverpool, John Achterberg, que agora treina Alisson, contratado por R$ 324 milhões para tentar pôr fim aos insucessos na meta vermelha.

“Até hoje falo com o John, excelente profissional e grande ser humano”, diz Doni. “O Alisson está no caminho certo, já tem bastante experiência. Como viverá um novo estilo de futebol, é só ele se apoiar no John que a adaptação será mais rápida”, acrescenta, sem querer revelar o que já conversou com o amigo sobre o novo reforço.

Alisson no Liverpool - CLODAGH KILCOYNE/Reuters - CLODAGH KILCOYNE/Reuters
Imagem: CLODAGH KILCOYNE/Reuters
“Alisson chega em um momento diferente do que o meu em 2011, porque o clube precisa muito de um goleiro, o que era diferente de quando eu fui contratado. Cheguei sabendo que jogaria pouco no primeiro ano, já que o Pep Reina era o titular, com história de seis anos no clube. Mas se não tivesse aparecido o problema comigo, eu teria jogado mais, que foi o que aconteceu com o Brad (Jones), o terceiro goleiro da época”, explica Doni, com apenas quatro partidas pelos Reds.

Alisson disputará neste domingo o primeiro jogo em competições com o Liverpool, após já assumir a meta nos últimos dois amistosos, com vitória sobre Torino e Napoli. A estreia no Campeonato Inglês será diante do West Ham, em Anfield, às 9h30 de Brasília. Neste período inicial de transição, o novato na Inglaterra deve se deparar com algumas diferenças em relação ao que estava acostumado na Itália, avalia Doni.

“O Campeonato Italiano é muito tático, de jogo estudado, enquanto o futebol inglês é de muita força e velocidade. E essa parte de se acostumar ao jogo rápido é um dos principais fatores na adaptação. Como tem muito contato físico principalmente dentro da área nas bolas paradas, para sair do gol é mais complicado”.

Antes de Doni, Diego Cavalieri foi a primeira aposta brasileira do Liverpool para o gol. Ao longo de duas temporadas, de 2008 a 2010, ele também não se firmou e acumulou apenas dez partidas.

Diante das falhas de Lloris Karius e da instabilidade de Simon Mignolet na posição, Jürgen Klopp viu em Alisson o nome ideal para assumir o setor. Mais uma história brasileira começa a ser escrita no gol do Liverpool.

Futebol