PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sem Babel, Fla esbarra em valores e ainda mostra pessimismo por Vitinho

Vitinho é um dos alvos do Rubro-negro para repor a saída de Vinicius Júnior no elenco - Epsilon/Getty Images
Vitinho é um dos alvos do Rubro-negro para repor a saída de Vinicius Júnior no elenco Imagem: Epsilon/Getty Images

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

14/07/2018 13h11

O Flamengo corre contra o tempo na expectativa de se reforçar e repor a saída de Vinicius Júnior para o Real Madrid. Sem novos contatos do Besiktas sobre a proposta para contar com Ryan Babel, a diretoria mantém Vitinho como um alvo importante na posição. Existe um interesse mútuo pela transferência, mas o Rubro-negro ainda mostra pessimismo por conta dos valores envolvidos na operação. A Fox Sports e a Rádio Globo noticiaram a nova conversa com o atacante do CSKA-RUS.

O UOL Esporte apurou que entre clube e jogador existe um denominador comum no que diz respeito ao possível futuro contrato. Isso, no entanto, está longe de garantir o sucesso da operação. O preço para tirar o atacante da Rússia é muito maior do que o Flamengo pode gastar no momento.

O Rubro-negro mantém a previsão da negociação por Babel. É possível investir cerca de 7 milhões de euros (pouco mais de R$ 30 milhões) de forma parcelada. O problema é que o CSKA trabalha com pelo menos 10 milhões de euros (R$ 45 milhões) para vender Vitinho. Por esse montante, o clube carioca descarta qualquer possibilidade de acerto.

Os dirigentes do Flamengo podem até esticar a corda ao máximo, já que a posição é prioritária para o restante da temporada, mas o clube russo será obrigado a diminuir o valor. Caso contrário, o atacante se juntará mesmo ao holandês Babel na lista de negociações que não foram favoráveis para o Rubro-negro.

Vitinho tem contrato com o CSKA até junho de 2020 e manifesta com frequência o desejo de um dia vestir a camisa rubro-negra. O clube colocou nova tentativa em curso, mas ainda não existe nenhum indicativo de transferência. Há, sim, um intenso trabalho de bastidores para que o cenário mude. A negociação demanda muita paciência.

Futebol