PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Reforço? Cotado para 2018, zagueiro da Ponte divide opiniões no Corinthians

Marllon em ação pela Ponte Preta; Corinthians cogita contratar o jogador para 2018 - Marcello Zambrana/AGIF
Marllon em ação pela Ponte Preta; Corinthians cogita contratar o jogador para 2018 Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Dassler Marques e Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

29/11/2017 04h00

Entre os nomes ligados ao Corinthians para a próxima temporada, Marllon é o zagueiro mais comentado entre jornalistas e torcedores. A situação do defensor que atuou pela Ponte Preta em 2017, porém, é indefinida e divide opiniões dentro da diretoria e comissão técnica de Fábio Carille.

De acordo com membros da direção corintiana, as negociações pelo zagueiro ainda não avançaram e não há certeza sobre a contratação dele nesse momento. Esse movimento é respaldado por relatórios e reuniões com a comissão.

Na avaliação da equipe de Carille, houve queda de desempenho de Marllon, 25 anos, durante a atual temporada. Ele havia sido um dos principais zagueiros da Série B do ano passado, pelo Atlético-GO, e manteve a média durante o Campeonato Paulista desse ano. A avaliação sobre a participação dele na Série A, porém, inspirou dúvidas.

Titular absoluto durante 29 rodadas, Marllon tem frequentado o banco de reservas desde então por opção do treinador Eduardo Baptista. Ele perdeu a vaga justamente para Yago, que pertence ao Corinthians, está emprestado à Ponte até dezembro e não deve retornar ao Parque São Jorge no próximo ano.

Pessoas que trabalham com Marllon, porém, asseguram que ele já tem um acordo alinhavado para defender o Corinthians no próximo ano. Além de apontar uma sondagem do Atlético-MG no atleta, o estafe do zagueiro já avisou outras equipes interessadas de que ele deverá atuar com a camisa alvinegra. Dirigentes do clube, porém, não confirmam a informação.

Embora nunca tenha atuado pelo Cianorte-PR, Marllon é registrado na equipe, utilizada como clube satélite para registro de atletas. Ele pertence a um grupo de investidores chamado "Liga Participações". Em contato com a reportagem, Lucas Franzato, presidente do Cianorte, negou que tenha recebido a procura do Corinthians.

Com apenas três zagueiros aparentemente assegurados para 2017 - Balbuena, Pedro Henrique e Léo Santos -, o Corinthians tem um pedido de Fábio Carille para buscar dois nomes para a posição no ano que vem, mas se esforça mais para adquirir um jogador com status de titular. A ideia é que, se possível, o reforço seja de expressão, para assumir a vaga deixada por Pablo. Marllon, caso venha a ser contratado, se enquadra na categoria de reserva.

Futebol