PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em contraste a prêmio da Fifa, jornal elege os piores da temporada

Do UOL, em São Paulo

23/10/2017 15h06

Em contraste com o prêmio dos melhores do mundo promovido pela Fifa, que será entregue nesta segunda-feira (23) sob o nome The Best, o jornal “Marca” realizou uma eleição oposta, apelidade de “The Worst”.

Formada basicamente por jogadores que custaram caro e decepcionaram em seus destinos, a lista não conta com nenhum brasileiro e tem apenas dois sul-americanos: o goleiro Claudio Bravo, do Manchester City, e o meia Nico Gaitán, do Atlético de Madri.

A publicação elegeu Bravo como o pior goleiro, o lateral esquerdo Fábio Coentrão o pior defensor, o português Renato Sanches o pior meio-campista e o holandês Vincent Janssen o pior atacante.

A “seleção” dos piores foi escalada no 3-4-3: Bravo, John Stones (Manchester City), Jeremy Mathieu (Sporting) e Fábio Coentrão (Sporting); Gaitán (Atlético de Madri), Renato Sanches (emprestado ao Swansea pelo Bayern de Munique), Krychowiak (emprestado ao West Brom pelo PSG), André Gomes (Barcelona); Janssen (Tottenham), Paco Alcácer (Barcelona) e Jesé (emprestado ao Stoke City pelo PSG).

Para treinar essa equipe, formada por atletas que decepcionaram na temporada ou conviveram com problemas físicos recorrentes, casos de Coentrão e Mathieu, a publicação sugeriu os treinadores Arsene Wenger (Arsenal), David Moyes (ex-Sunderland) e Frank De Boer (ex-Inter de Milão e Crystal Palace).

Futebol