PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Tardelli e Renato Augusto iniciam trabalhos no Brasil para servir seleção

Danilo Lavieri, Dassler Marques e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e no Rio de Janeiro

26/09/2017 17h18

Já liberados do futebol chinês, cujo recesso para datas Fifa se inicia antes do Brasil e da Europa, o meia Renato Augusto (Beijing Guoan) e o atacante Diego Tardelli (Shandong Luneng) já trabalham de olho na seleção brasileira.

O procedimento já é um padrão da comissão técnica de Tite para os atletas que atuam na Ásia e tem apresentado bons resultados do ponto de vista físico. Uma das vantagens da apresentação antecipada é regular o sono dos atletas e adaptar o fuso horário dos jogadores que vivem na Ásia. 

Nesta terça-feira, acompanhado do fisioterapeuta Bruno Mazziotti, Tardelli fez trabalhos de academia no CT Joaquim Grava, casa do Corinthians. Entre quarta e sexta-feira, o atacante se junta ao meia Renato Augusto para treinamentos no Ninho do Urubu, centro de treinamentos do Flamengo.

Quem também já trabalha integrado com Tite é o auxiliar Sylvinho, que chegou mais cedo da Itália, onde atua pela Inter de Milão.

"Tenho vindo uma semana antes. Acumulo bastante informação, temos reuniões e, por exigência do Tite, que é bastante exigente, para que a gente consiga condensar bem uma semana antes o monitoramento de atletas, situações nossas e dos adversários, dos times europeus. (...) A gente vem preparando treinos para as chegadas dos atletas", disse em vídeo publicado pela CBF. 

A apresentação dos jogadores da seleção se inicia no próximo domingo (1), na Granja Comary. O Brasil atua contra a Bolívia, em Paz, no dia 5, e encerra as Eliminatórias da Copa do Mundo em São Paulo, diante do Chile, no dia 10. 

Futebol