PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Falhas, comportamento e má fase: quem 'se perdeu' em um ano com Tite

Gabigol perdeu espaço com Tite na seleção brasileira - Inter de Milão/Divulgação
Gabigol perdeu espaço com Tite na seleção brasileira Imagem: Inter de Milão/Divulgação

Danilo Lavieri e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo e em Porto Alegre

30/08/2017 04h00

Nesta quinta, Tite completa um turno à frente da seleção brasileira diante de Equador e Colômbia. O período mostra que o comandante já tem uma base bastante sólida para disputar a Copa do Mundo em 2018. Antes do "aniversário" do treinador no cargo, o UOL Esporte comparou a lista de convocados atual com aquela feita para os primeiros confrontos do Brasil com a atual comissão técnica. E as diferenças dizem muito sobre quem ficou fora. 

Gabigol, por exemplo, é um dos maiores exemplos de queda de rendimento e perda de espaço. O atacante estava na primeira chamada, mas já é tratado como aposta que deu errado após não conseguir emplacar um bom desempenho desde a sua ida para a Internazionale de Milão.

O atacante ainda não mostrou um comportamento que agradasse a comissão técnica na hora de se concentrar com os demais atletas. Para piorar, seus concorrentes diretos estão em alta no momento: Gabriel Jesus e Roberto Firmino. Até mesmo Diego Souza está à frente nessa briga.

Muralha lamenta após o Flamengo levar um gol do Atlético-PR - Heuler Andrey/AFP - Heuler Andrey/AFP
Falhas no Fla afastaram Muralha da seleção
Imagem: Heuler Andrey/AFP

Outro que estava na primeira lista e não tem mais chances de voltar com Tite é Muralha. O flamenguista começou como uma das possibilidades, mas caiu bastante de rendimento e já perdeu espaço para seus concorrentes.

A posição de goleiro, aliás, é a que Tite tem mais dificuldades para definir. Hoje, Ederson e Cássio foram os convocados, mas outros nomes ainda correm por fora, como Marcelo Grohe, que perdeu espaço, e Weverton, que também mantém esperanças de ser lembrado novamente. Alisson, até segunda ordem, é o titular.

Lucas Lima é outro que sofre com a queda de desempenho que o afasta das listas. Convocado para a estreia de Tite, o meio-campista ainda pode manter esperanças por causa da concorrência feita pelo técnico para um reserva de Renato Augusto.

O santista está na lista de testados ao lado de nomes como Diego, Rodriguinho e até Luan, que foi improvisado na função. A disputa neste caso está bastante aberta, mas tem o flamenguista como favorito no momento.

Ainda no meio-campo, Rafael Carioca é outro nome que foi chamado na estreia de Tite e, com o tempo, perdeu espaço. Hoje, ele não está entre os nomes cogitados para o Mundial. Outro nome que esteve na primeira lista e não foi chamado é Gil. O ex-corintiano e hoje na China perdeu o espaço na atual lista para Rodrigo Caio, mas ainda pode considerar que tem chances de ser chamado.

Rafael carioca já está treinando com o elenco do Tigres - Divulgação/Tigres - Divulgação/Tigres
Rafael Carioca não tem mais chances de ser chamado por Tite
Imagem: Divulgação/Tigres

Futebol