PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornal: PSG e Monaco firmam acordo para driblar fair play por Mbappé

 EricGaillard Livepic/Reuters
Imagem: EricGaillard Livepic/Reuters

Do UOL, em São Paulo, SP

27/08/2017 14h43

A novela da transferência de Kylian Mbappé teria chegado ao fim. Segundo o jornal francês "L'Equipe", o PSG e o Monaco entraram em acordo neste domingo e selaram o empréstimo do atacante por um ano.

De acordo com a publicação, o acordo firmado ainda prevê que o PSG pague 180 milhões de euros (R$ 678 milhões) ao término do vínculo para ficar com o jogador.

A expectativa na França é que Mbappé faça seus exames na manhã desta segunda-feira e que a apresentação seja acelerada.

PSG e Mbappé já teriam chegado a um acordo há algumas semanas. A demora no anúncio ocorreu devido a um obstáculo encontrado pela frente: o Fair Play Financeiro da Fifa. A Uefa havia comunicado que dificultaria a transação devido aos valores envolvidos. O PSG está na mira da Uefa desde a compra de Neymar, por 222 milhões de euros.

O PSG pagaria 180 milhões nesta janela ao Monaco, mas o repasse ficará para frente. A estratégia é clara: evitar problemas com a Uefa e Fifa neste semestre.

Uefa de olho em investimentos do PSG

A Uefa abriu investigação contra o PSG quando o time contratou Neymar, pagando 222 milhões de euros. O dinheiro investido no atacante brasileiro veio de terceiros, constatou a Uefa. O balanço anual do PSG não previa esse montante em caixa.
 
O Fair Play Financeiro instituído pela Fifa foi criado para evitar disparidades entre clubes, além de ser uma medida para reduzir o já inflacionado mercado europeu.
 
Para escapar do 'fair play' financeiro, o PSG inicialmente cogitou vender algum atleta para o Monaco (e assim entrar nova receita para o clube). Mas a estratégia não foi levada adiante.

Futebol