PUBLICIDADE
Topo

Barcelona anuncia a contratação de Dembélé por R$ 392 milhões

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/08/2017 12h06

Uma das novelas do mercado de transferências europeu chegou ao fim nesta sexta (25). O Barcelona anunciou a contratação de Dembélé, que estava no Borussia Dortmund. O jogador assina por cinco anos e se tornou o reforço mais caro da história do clube catalão. 

"O Barcelona e o Borussia Dortmund chegaram a um acordo para a transferência de Ousmane Dembélé por 105 milhões de euros (R$ 392 milhões) mais variáveis. O jogador assina por cinco anos e a cláusula de rescisão chega a 400 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão)", anunciou o Barcelona em seu site oficial.  

Com os valores, Dembélé se torna o jogador mais caro da história do Barcelona, à frente de Neymar, até então o mais caro, de acordo com o site especializado em transferências Transfermarkt. 

Neymar, reforço para a temporada 2013/2014, custou 88,2 milhões de euros (R$ 330,1, na cotação atual); Suárez, reforço para a temporada 2014/2015, custou 81,72 milhões de euros (R$ 305,8 milhões, na cotação atual), e Ibra, reforço para a temporada 2009/2010, custou 69,5 milhões de euros (R$ 260,1 milhões, na cotação atual).

Dembélé falou também nas redes sociais sobre o novo clube. "Vai Barça", escreveu. 

O técnico Ernesto Valverde se animou com a contratação. “É um jogador que joga em profundidade e foi algo que termos e precisamos. Ele pode jogar pelos dois lados, pelo centro, é técnico. Esperamos que contribua muito. Esperamos muito dele”, disse em sua coletiva de imprensa nesta sexta logo depois do anúncio do jogador. 

Além de assumir o posto de reforço mais caro da história do Barça no lugar de Neymar, o jogador também herda a camisa 11, que era usada pelo brasileiro. 

O acordo foi finalizado, segundo a imprensa europeia, durante o evento de sorteio de grupos da Liga dos Campeões na última quinta, em Monaco. 

O presidente Josep Maria Bartomeu, o gerente Javier Bordas, o diretor-geral Òscar Grau e o diretor de futebol Raül Sanllehí representaram o Barcelona no encontro. O Dortmund, por sua vez, teve Hans-Joachim Watzke, diretor-geral, e Michael Zorc, diretor esportivo, como representantes na reunião em que decidiram vender Dembélé. 

Dembélé é visto pela diretoria do Barcelona como um nome importante para reforçar o elenco após a saída de Neymar, que se transferiu para o Paris Saint-Germain na maior transação da história do futebol (222 milhões de euros).

A equipe espanhola ainda busca a contratação do meia Philippe Coutinho, do Liverpool, em mais uma negociação complicada. Além de Dembelé, já foram anunciadas oficialmente outras três contratações para a temporada: o lateral direito Nélson Semedo, o volante Paulinho e o atacante Gerard Deulofeu.

Futebol