PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Quem é e por que Bruno Alves foi contratado pelo São Paulo

O zagueiro Bruno Alves - Érico Leonan/saopaulofc.net
O zagueiro Bruno Alves Imagem: Érico Leonan/saopaulofc.net

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

22/08/2017 04h00

O São Paulo surpreendeu e anunciou a contratação do zagueiro Bruno Alves. O jogador, de 26 anos, pode não ser tão conhecido do torcedor, mas chegou ao Morumbi muito bem recomendado. Dorival Júnior acompanhou o trabalho do defensor no Figueirense e ficou satisfeito com o desempenho do beque. Mesmo assim, quis pegar mais informações e as conseguiu com o lateral direito Bruno e o atacante Wellington Nem, que também atuaram na equipe catarinense.

"Ele é um zagueiro de força, velocidade e nunca teve uma lesão [séria]. Além disso, ele se destacou nos últimos anos, foi capitão do Figueirense. Por isso, nos últimos anos teve propostas de Grêmio, Botafogo e de Portugal para sair", disse o empresário do jogador, Nick Arcuri.

De acordo com a apuração da reportagem, o Figueirense fez uma recomendação positiva para que o Tricolor contratasse o beque, que tem preferência por atuar mais pelo lado direito do campo. Para assinar vínculo até 31 de dezembro de 2020 com o jogador, porém, o São Paulo não precisou entrar em acordo com o clube de Santa Catarina. Há uma semana, o jogador conseguiu obter na Justiça a rescisão de seu contrato com o time catarinense. 

"O Figueirense tinha uma expectativa alta, mas por causa de um grave problema financeiro, deixou de fazer pagamentos. O Bruno tinha uma proposta do mundo árabe e pediu para ser liberado, porque acabou de ser pai e tinha mais um ano e três meses de contrato, era formado na base do clube. Mas a negócio não andava. Então, ele foi consultar o fundo de garantia e estava em atraso. Fizeram a consulta, ele entrou na Justiça e conseguiu a liminar", contou Nick.

"O Figueirense chamou a gente para fazer o acordo, para não pagarem todo o contrato. Por todo o seu profissionalismo, ele [Bruno] fez o acordo em juízo. O Figueirense homologou e o que tinha pendente, ele vai receber mais para frente", completou o empresário.

Opção

Segundo apurou o UOL Esporte, além de apostar no potencial do jogador, Dorival viu uma boa oportunidade para ganhar mais uma opção para a zaga. No caso, o treinador está preocupado com setor. Além de Bruno Alves, o técnico conta com os titulares Rodrigo Caio e Arboleda e os reservas Douglas, Lugano e Aderllan, que ainda não estreou, para a zaga.

Para complicar ainda mais a situação, Rodrigo Caio e Arboleda devem desfalcar a equipe em convocações para defender as seleções do Brasil e do Equador neste segundo semestre. E como o clube não poderia contratar um atleta que já tivesse defendido outra time da Série A em sete ou mais partidas, a observação de jogadores da Série B ganhou importância. 

"O que pesou foi a vontade do Bruno de vestir uma camisa de um grande time do Brasil. Por isso, ele se inclinou a fechar com o São Paulo", afirmou Nick.

Futebol