PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador de 21 anos morre após infarto fulminante em treino no Paraná

Atacante João Pedro da Silva Rocha morreu durante treino em Campo Mourão, no Paraná - Divulgação/Sport Club Campo Mourão
Atacante João Pedro da Silva Rocha morreu durante treino em Campo Mourão, no Paraná Imagem: Divulgação/Sport Club Campo Mourão

Bruno Freitas

Do UOL, em São Paulo

26/07/2017 15h08

O atacante João Pedro da Silva Rocha morreu na tarde da última terça-feira, em Campo Mourão, interior do Paraná, durante um treinamento da equipe de futebol da cidade. O atleta de 21 anos sofreu um infarto fulminante dois minutos depois de entrar em campo.

João Pedro acabara de reforçar o Sport Club Campo Mourão, time que disputará a 3ª Divisão do Campeonato Paranaense, a partir de setembro. O atacante chegou na cidade na última segunda-feira, vindo de Belo Horizonte, trazido pelo técnico da equipe, Adriano Kanaã.

"Ele começou o treino no segundo time, que é o principal. O primeiro era formado por meninos que estavam fazendo teste. Entrou em campo, deu um toque na bola e logo falou para um menino que não estava se sentindo bem. A gente tentou fazer os primeiros procedimentos de atendimento, não deixar que a língua enrolasse. A equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou rápido, em 3 ou 4 minutos, mas não deu tempo. Foi um infarto fulminante", relatou o treinador do Campo Mourão.

"Nunca imaginei que veria isso na minha carreira. A gente lembra do caso do (zagueiro) Serginho no São Caetano, mas nunca espera que isso aconteça com a gente", acrescentou Kanaã.

O atacante de 21 anos era jogador de confiança de Kanaã, ambos já haviam trabalhado juntos no FC Porto, de Santa Catarina. "Dói muito, é parte da família", comentou o treinador do Campo Mourão.

Nesta quarta-feira, a família de João Pedro espera a liberação do corpo para traslado até Porto Alegre, onde os pais do atacante residem. O clube paranaense irá se responsabilizar por toda a burocracia de deslocamento.  

Futebol