PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Contrato mais longo vai depender do rendimento de Galhardo no Cruzeiro

Galhardo ainda passará por exames antes de assinar até dezembro com o Cruzeiro - Marinho Saldanha/UOL
Galhardo ainda passará por exames antes de assinar até dezembro com o Cruzeiro Imagem: Marinho Saldanha/UOL

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

23/07/2017 04h00

Anunciado na manhã do último sábado, o lateral direito Rafael Galhardo é aguardado no início da semana em Belo Horizonte para realizar exames médicos no Cruzeiro. Se aprovado, ele irá assinar um contrato com duração até o fim do ano. Só então a diretoria irá avaliar se um novo vínculo de dois anos será feito com o atleta. Para isso acontecer, o jogador precisa mostrar que está livre de uma grave lesão e corresponder dentro de campo nesses cinco meses que tem.

Durante as férias do ano passado, Galhardo rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito, o que acabou lhe custando a rescisão de contrato com o Atlético-PR. Sem atuar desde 15 de novembro de 2016, o jogador passou o primeiro semestre do ano se recuperando da lesão. Por isso, a resposta que o jogador dará dentro de campo ainda é uma incerteza, uma vez que ainda não se sabe como o lateral irá reagir quando voltar aos gramados.

"O Galhardo se apresenta no início da semana que vem, será submetido a exames, e, se aprovado, assinaremos um contrato com ele até o fim da temporada, para a gente ver o nível de performance que teremos com ele, para depois exercer um contrato com prazo maior", comentou o diretor de futebol do Cruzeiro, Klauss Câmara, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Se aprovado, Galhardo entra na concorrência por uma vaga no setor direito do Cruzeiro, atualmente ocupado pelo volante improvisado Lucas Romero. Titular da posição no início do ano, Ezequiel convive com seguidas lesões nos últimos meses e ainda não conseguiu se reafirmar no antigo posto. O jovem reserva Lennon não inspira tanta confiança em Mano e só foi utilizado por quatro vezes na temporada.

"Nós buscamos tudo aquilo que é necessário. Estamos fazendo com os pés no chão, sabendo do histórico do jogador, por isso vamos submetê-lo a todos os exames necessários. É um jogador que tem a característica e o DNA do Cruzeiro, um potencial grande, então a gente acredita que pode implementar seu potencial naquilo que esperamos. Vai dar muita alegria ao torcedor do Cruzeiro e agregará muito à nossa equipe", acrescentou o diretor.

Desta forma, Rafael Galhardo terá a missão de resgatar seu bom futebol das últimas temporadas. Campeão brasileiro com o Flamengo em 2009, o jogador também se destacou pelo Grêmio na temporada de 2015, quando foi eleito o melhor lateral direito daquele Brasileirão.

Mercado fechado?

Com a iminente chegada de Galhardo e Messidoro, envolvido na negociação que levou Ramón Ábila para o Boca Juniors, o Cruzeiro praticamente encerra suas atividades no mercado da bola. Contudo, o diretor garante estar atento para aproveitar qualquer situação que eventualmente possa ser interessante para o clube.

"Chegando o Messidoro e o Galhardo a gente entende que temos sim um grupo em condições para dar continuidade ao restante da temporada. Mas não vamos deixar de estar atentos a quaisquer circunstâncias que sejam relevantes para nos fortalecermos ainda mais. O Cruzeiro sempre está atento ao mercado e vai sempre estar assim".

Futebol