PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jô reprova comemoração de Maicon e elogia companheiro Arana: "God of Cross"

Marcello Zambrana / AGIF
Imagem: Marcello Zambrana / AGIF

Do UOL, em São Paulo

27/03/2017 11h56

Jô completou a trinca neste domingo contra o São Paulo ao empatar a partida no Morumbi - antes, o atacante já havia balançado as redes diante de Palmeiras e Santos. Nesta segunda-feira, o jogador falou sobre o bom desempenho contra os rivais, reprovou a atitude do são-paulino Maicon e rasgou elogios ao lateral Guilherme Arana.

"Sou atacante, tenho de fazer gols e não posso escolher contra quem. Então o Arana tem de ser chamado de God of Cross, do cruzamento", disse Jô em entrevista coletiva concedida ao lado do lateral, que deu mais uma assistência para ele.

O atacante corintiano ainda descartou ser chamado de "Gol of clássico" após o terceiro gol em 2017 nos jogos contra os grandes do Estado. O camisa 7 admitiu que isso traz uma responsabilidade muito grande.

"Está pesado. Deus só tem um só. Não posso carregar esse peso. Deixo para a torcida, para a imprensa fazer comparações ou colocar apelidos. Vou continuar meu trabalho. Só não quero puxar isso para mim e trazer essa responsabilidade muito grande"

Jô também comentou a comemoração de Maicon minutos antes de ele empatar o jogo. O zagueiro do São Paulo imitou uma galinha depois de abrir o placar no Morumbi.

"Tem de ter o respeito. Na hora da euforia você acaba caindo em algumas provocações. Mas respeito, tudo bem, são coisas do futebol. Alguns querem fazer coisas para a torcida, outros para o time, mas cada um tem uma maneira de comemorar. Faltou um pouco de respeito, mas já passou", afirmou.

Futebol