PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Presidente do Atlético-MG admite e projeta vendas de jogadores na janela

Alvo dos chineses no início do ano, Lucas Pratto é um dos mais valiosos do Atlético-MG - Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro
Alvo dos chineses no início do ano, Lucas Pratto é um dos mais valiosos do Atlético-MG Imagem: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

24/06/2016 06h00

Douglas Santos no Barcelona, no Valência ou no Arsenal? Lucas Pratto vai mesmo jogar em algum clube do futebol chinês? Por enquanto, segundo o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, tudo não passa de especulação. O mandatário alvinegro garante que nenhuma proposta chegou ao clube mineiro pelos jogadores mais valorizados.

No entanto, o dirigente atleticano sabe que vai ser difícil segurar os jogadores citados em caso de boas propostas. Douglas Santos está em alta com as recentes convocações e Lucas Pratto só não foi para a China antes por causa da Copa Libertadores, já que o Atlético não aceitou perder seu principal atacante uma semana antes da estreia no torneio continental.

“O futebol vive disso. Qualquer proposta que for interessante e a gente consiga manter o nível técnico, nós vamos avaliar. O futebol, de acordo com o preço que a gente acha interessante, tem que ser feita algumas vendas, como eu já fiz. Mas só falo isso quando tiver proposta oficial, o resto é apenas especulação”, disse Daniel Nepomuceno, em entrevista à Rádio Inconfidência.

Além de Douglas Santos e Lucas Pratto, outros jogadores do Atlético já tiveram o nome ligados a possíveis negociações. Casos dos atacantes Hyuri e Pablo, que podem ser negociados nos próximos dias com clubes da China e do Japão, respectivamente. No entanto, o presidente do Atlético adota cautela para falar sobre qualquer situação.

“É muito cedo para falar. A janela começou somente agora. A gente viu que mesmo com esse elenco, tivemos 11 desfalques e vimos o tanto que fez falta. É ter paciência. Também, qualquer oferta que chegar vamos conversar com os jogadores. Tem de ser boa para todas as partes”.

Até o momento, o nome mais comentado para deixar o Atlético foi o de Douglas Santos. O lateral de 22 anos foi comprado em agosto do ano passado, por cerca de R$ 10 milhões, e seria negociado agora por aproximadamente R$ 40 milhões. Números que impressionam, mas Daniel Nepomuceno não comenta. Mas é certo que o presidente do Atlético espera por boas propostas nas próximas semanas.

“Eu não falo de valor, até porque não tem proposta. O que está sendo divulgado na imprensa é uma questão natural, por ser um jogador que está na seleção, que é jovem e está se destacando. Mas não tem nada oficial. A janela europeia nem abriu ainda, então estão querendo antecipar um processo que não existe”.

Futebol