PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Joia do Bahia fecha com Besiktas e será companheiro de Cássio na Turquia

Felipe Oliveira/Getty Images
Imagem: Felipe Oliveira/Getty Images

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

12/01/2016 16h40

A vinda de um representante do Besiktas ao Brasil representou mais que um acerto com Cássio. Além do goleiro do Corinthians, o time turco fechou também a contratação do brasileiro Caio Ulises. O atacante tem 22 anos e mantinha a forma no Bahia, clube que o revelou nas categorias de base.

Caio tem viagem marcada para Turquia para o fim de janeiro, quando se apresentará para exames médicos no Besiktas e assinará contrato até o fim de 2019. O atacante tinha proposta também de dois clubes alemães e do Trabzonspor-TUR, mas a oferta do rival era melhor e contou com a preferência do brasileiro.

A negociação teve a indicação do diretor de futebol do Manchester City, Txiki Begiristain, e do olheiro do Barcelona na América do Sul, Pepe Costa. Os profissionais tentaram levar Caio para o time da Catalunha em 2009 e indicaram a contratação para o time turco. O brasileiro estará sendo observado de perto pelo clube de Neymar, Messi e Suarez a partir de fevereiro.

A partir da indicação, o Besiktas passou a negociar diretamente com Pini Zahavi e Eder Zuanazzi, empresários que cuidam da carreira do atacante. Ele chega sem custos ao novo clube, que estabeleceu uma multa rescisória de 30 milhões de euros (R$ 130,5 milhões) para qualquer interessado em tirá-lo da Turquia.

“Se Deus quiser daqui para frente tudo vai dar certo na minha vida. Tive problemas no passado, mas isso agora ficou para trás. Estou com os pés no chão, trabalhando muito forte e tenho certeza que vou dar certo. Vamos para mais esse desafio”, disse Caio ao UOL Esporte.

Caio se refere ao ano de 2009, quando, antes mesmo de subir aos profissionais, quase parou no Barcelona. Problemas com o empresário na época, no entanto, impediram a transferência. Desde então, passou por Grêmio, Santos e Atlético-PR. O atacante era o principal nome da categoria 1993 no país e sucessor de Neymar e Philippe Coutinho, da geração anterior (1992).

Na Turquia, Caio será companheiro do ex-corintiano Cássio, do português Ricardo Quaresma e do alemão Mario Gómez. 

Futebol