PUBLICIDADE
Topo

Futebol

SP fecha patrocínio com companhia aérea e vai expor marca até em avião

SP perdeu master da Semp Toshiba e tenta repor cofre com pequenos acordos - divulgação/saopaulofc.net
SP perdeu master da Semp Toshiba e tenta repor cofre com pequenos acordos Imagem: divulgação/saopaulofc.net

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

15/04/2015 06h00

O São Paulo fechou contrato de patrocínio com a companhia aérea panamenha Copa Airlines, uma das maiores da América Latina, e vai receber entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões de aporte financeiro em um acordo válido por um ano. A Copa vai expor a marca nas mídias sociais do clube neste período de 12 meses e irá estampar a camisa do time de futebol em duas partidas – a primeira nesta quarta-feira, no jogo contra o Danúbio, no Uruguai, pela Copa Libertadores. A diretoria do São Paulo confirma o acordo.

Para o São Paulo, o contrato de patrocínio é interessante porque além do valor recebido em troca de exposição, conta com um projeto de internacionalização da marca. A Copa Airlines opera voos tanto para a América do Sul como também para a América do Norte e irá exibir vídeos institucionais do São Paulo dentro das aeronaves, além de customizar dois dos 98 aviões da frota com as cores e o símbolo do clube.

A internacionalização chamou a atenção da diretoria do clube porque condiz com o plano de expandir o nome do clube nos Estados Unidos. O São Paulo terá fornecimento de material esportivo da norte-americana Under Armour a partir de maio e venderá a camisa nas lojas da empresa nos Estados Unidos. Além disso, Kaká aparece como embaixador informal do clube desde que se transferiu para o Orlando City – o São Paulo fez intertemporada em Orlando em junho de 2014, durante a Copa do Mundo.

O contrato com a Copa Airlines seguirá o modelo do acordo de patrocínio fechado entre São Paulo e Gatorade, fechado há duas semanas e por valor semelhante, entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões anuais. As marcas poderão expor nas mídias sociais do clube, canais que que apenas de forma primária atingem 8,7 milhões de usuários entre seguidores em Facebook, Twitter, Instagram e Youtube.

A estratégia do São Paulo é fechar vários contratos no mesmo modelo, com empresas de diferentes ramos – como Gatorade e Copa Airlines. A diretoria do clube não crê que possa conseguir nesse momento um grande patrocínio master de camisa, de pelo menos R$ 25 milhões anuais, e tenta chegar a valor parecido com patrocínios menores. 

Futebol