PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Messi vai ganhar documentário de sua infância na Argentina

Andrés Actis

Do "Clarín", na Argentina

22/02/2014 15h25

Para as pessoas que moram na frente do Club Atlético Grandoli foi uma espécie de déjà vu. Muita gente ficou arrepiada com a recriação daqueles gols, daqueles dribles, daquele sorriso tímido. Ali, naquele campinho, onde faz alguns dias há câmeras, assistentes e atores, formou-se um talento sobre o qual o mundo inteiro hoje fala.

As histórias e os relatos sobre aquela "pulguinha" que "driblava todos" fazem parte do imaginário cultural de um bairro que se gaba de ter dado à luz "ao melhor jogador do planeta".

Para orgulho dessas pessoas, a história daquele menininho que se transformou em astro estará em breve na telona. O encarregado de documentar a façanha é nada menos que o cineasta espanhol Alex de la Iglesia, que desde terça-feira se instalou no bairro com a finalidade de reviver através de uma lente os começos do argentino mais aclamado do ambiente esportivo.

O documentário sobre a vida de Lionel Messi está sendo rodado em Rosário, na província de Santa Fe. As primeiras filmagens foram realizadas em um bar antigo de Buenos Aires.

Segundo se ouviu, o filme girará em torno a um jantar em homenagem ao jogador em que participam parentes, amigos, colegas, treinadores e jornalistas esportivos. César Luis Menotti e Alejandro Sabella são alguns dos nomes que o diretor espanhol escolheu para poder contar a história da Pulga.

"Acho interessante falar de um personagem que precisamente só faz o seu trabalho e sai muito pouco na mídia. Achei que seria atrativo fazer um documentário”, disse De la Iglesia em uma das poucas declarações públicas que fez sobre o filme.

O clube Grandoli, localizado na zona sul da cidade, não é a única locação rosarina na gravação. Haverá cenas rodadas na casa onde Messi nasceu e em alguns lugares do Newell’s Old Boys, clube onde jogou até ir para Barcelona.

Copa

O filme tem roteiro de Jorge Valdano, ex-jogador do Newell’s Old Boys e da seleção argentina, e é produzido por Mediapro, uma empresa espanhola com forte presença no mercado audiovisual esportivo. Se todas as etapas previstas forem cumpridas - até sexta-feira as filmagens serão em Rosário e depois continuarão em Barcelona -, a ideia dos produtores do projeto é estrear o documentário antes do começo da Copa do Mundo, no Brasil.

O personagem de Messi para recriar sua infância em Rosário é encarnado por uma criança tão parecida com ele que deslumbrou todo mundo no clube Grandoli. "É muito parecido com o Leo. É como voltar a vê-lo", comentavam os que foram convidados para participar como ponta.

Criaram uma partida de ficção em que o pequeno ator marcava muitos gols e também cenas na rua onde a "Pulga" andava de bicicleta. 

(Texto originalmente publicado no site do Clarín em Português)

Futebol