PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos se livra de Fábio Costa e promete usar verba para reforçar elenco

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

26/11/2013 06h00

O dia 31 de dezembro deste ano marcará enfim o término do vínculo de Fábio Costa com o Santos. O fim do ciclo do goleiro é uma vitória para o Comitê Gestor do clube. Além de se livrar de um adversário político na visão deles, já que o atleta é amigo do ex-presidente Marcelo Teixeira, a cúpula santista já faz planos com o dinheiro que deixará de gastar mensalmente com o jogador – cerca de R$ 165 mil. O clube promete destinar a verba para pagar o ordenado de um reforço para o time em 2014.

“Vai ser uma ajuda boa. São R$ 165 mil por mês, alguma coisa por aí. Vamos deixar de pagar, é um jogador que não está rendendo, não está jogando. Importante a gente encerrar o contrato dele. A gente precisa de um reforço e isso ajuda”, afirmou o presidente do Santos, Odílio Rodrigues.

O ídolo da torcida santista e um dos principais heróis do título brasileiro de 2002, que encerrou a fila de 18 anos do clube sem uma conquista de expressão, estará desempregado após cinco anos de contrato com o time da Vila Belmiro, que inclui três anos e meio sem uma sequência de jogos.

Nesse período, Fábio Costa colecionou afastamento dos elencos do Santos, Atlético-MG e, mais recentemente, São Caetano, com quem tem contrato de empréstimo até o final deste ano. No clube do ABC paulista, o goleiro atuou apenas duas vezes: contra o Corinthians, 2 a 2, e Bragantino, 1 a 2, ambos pelo Campeonato Paulista deste ano.

O goleiro chegou ao ABC no início do Paulistão totalmente fora de ritmo. Em acordo com a comissão técnica na ocasião, ele havia acertado que estaria 100% fisicamente em algumas semanas visando à estreia no Campeonato Brasileiro da Série B. Mas o plano de ser o titular afundou após acusação de injúria racial feita por um atleta do elenco do São Caetano.

Somado todo o período inativo de Fábio (os seis primeiros meses de 2010, além do período de agosto de 2011 a agosto de 2013), o Santos gastará quase R$ 5 milhões com o atleta.


O gasto do Santos com Fábio Costa começou em 2010. O goleiro ficou seis meses sem jogar, mas recebeu do clube paulista cerca de R$ 900 mil. Fábio Costa então foi emprestado para o Atlético-MG, em um acordo que previa que o pagamento do salário do jogador fosse dividido entre os dois clubes. Entretanto, o goleiro ficou encostado em Belo Horizonte no segundo semestre. O período de inatividade rendeu um prejuízo de R$ 375 mil para cada um dos clubes.

O ex-camisa 1 do Santos então voltou para a Vila, onde receberá o último salário de R$ 165 mil no próximo mês, pago integralmente nos últimos anos, mesmo sem ter entrado em campo pelo clube.

Qual destes jogadores que estão em baixa você gostaria no seu time?

  • Arte UOL
Fábio Costa
Fábio Costa
$escape.getHash()uolbr_tagAlbumEmbed('tagalbum','14240', '')

Futebol