PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Decisão da Justiça interrompe fortalecimento de Scarpa e incomoda Palmeiras

Scarpa conversa com Roger Machado antes de entrar em campo; por força da Justiça, meia não tem treinado no Palmeiras - Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Scarpa conversa com Roger Machado antes de entrar em campo; por força da Justiça, meia não tem treinado no Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

27/03/2018 04h00

A decisão da Justiça do Rio, que restaurou o vínculo de Gustavo Scarpa com o Fluminense e fez a Confederação Brasileira de Futebol rescindir o contrato do jogador com o Palmeiras, tem dado dor de cabeça também ao departamento de fisiologia alviverde. O clube paulista fazia um trabalho especial para o meia ganhar massa muscular, mas com ele há dez dias sem poder treinar na Academia de Futebol o cronograma foi seriamente perturbado. Scarpa não se apresentou ao Fluminense e tem mantido a forma com treinos particulares em Hortolândia, cidade no interior de São Paulo onde mora sua família.

Só que, sem o ambiente do clube e o acompanhamento próximo dos profissionais que idealizaram o trabalho individual de fortalecimento, a avaliação é que tanto o aspecto físico quanto a parte emocional e motivacional sejam prejudicados. No Palmeiras, o jogador já tinha ganhado 4 kg desde sua chegada. O clube alviverde não está cuidando diretamente do caso no Rio, mas presta suporte jurídico como parte interessada aos advogados do atleta e confia na reativação do contrato. Em três semanas, haverá uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para que as partes tentem uma conciliação. (Por Leandro Miranda)

Palmeiras: R$ 21 mi por Wesley; clube tenta reverter

O Palmeiras foi condenado a pagar R$ 21 milhões ao investidor Antenor Angeloni, que bancou, em 2013, a contratação do volante Wesley junto ao Werder Bremen, e agora tenta recorrer da decisão.

Angeloni, que é ex-presidente do Criciúma, bancou o negócio depois do fracasso de uma tentativa de vaquinha de torcedores na gestão de Arnaldo Tirone no Alviverde. (Por Pedro Lopes)

Seleção: Gol faz ação e distribui camisa em ponte aérea

Em dia de Brasil x Alemanha, algumas centenas de torcedores serão presenteados com camisas oficiais da seleção brasileira. Em ação coordenada pela Gol, passageiros de seis voos da empresa (cinco entre Rio e São Paulo e um entre São Paulo e Recife) receberão uniformes das mãos de um campeão mundial de cada um dos cinco títulos. Pepe (1958), Mengalvio (1962), Clodoaldo (1970), Zetti (1994) e Luizão (2002) participarão dos voos que terão os prefixos alterados para os números dos anos da conquista - além de 2018 para o trajeto São Paulo-Recife. Este último, inclusive, voará na hora do duelo entre brasileiros e alemães, transmitindo o jogo ao vivo para os presentes no avião. (Por Pedro Ivo Almeida)

Flu: Incomodado, Autuori não participa de festa de título

Pressionado no início do ano, o grupo do Fluminense comemorou bastante o título da Taça Rio no último domingo (25), no Maracanã. No campo, jogadores, o técnico Abel Braga e o presidente do clube, Pedro Abad, festejavam. Uma peça importante do departamento de futebol, no entanto, não estava lá. Incomodado, o diretor executivo Paulo Autuori se dirigiu ao ônibus tricolor e não foi para a cerimônia de premiação no gramado. A insatisfação do dirigente tinha motivo. Autuori não gostou da presença excessiva de dirigentes no vestiário após a vitória sobre o Botafogo. Enquanto o grupo ainda rezava e conversava com Abel, pessoas de fora do ambiente do futebol tricolor - como dirigentes de outras áreas do clube e da Federação do Rio - entravam pela porta do local, irritando o diretor. Na tarde desta terça-feira (27), dirigentes do Fluminense procuraram a Federação para desfazer o clima delicado. (Por Pedro Ivo Almeida)

Grêmio vê boa evolução e fala em ter Douglas em maio

O Grêmio está otimista com a situação de Douglas. Recuperado da segunda cirurgia no joelho esquerdo, o meia tem trabalhado fisicamente e a previsão é de que ele possa voltar a jogar em maio. Esse foi o prazo dado quando do novo procedimento. Aos 36 anos, Douglas não atua desde fevereiro do ano passado. Na reta final da recuperação da primeira cirurgia no joelho, o meia sofreu para entrar em forma. O sobrepeso também foi registrado no início dessa temporada, contudo os resultados recentes mostraram melhora neste sentido. (Por Jeremias Wernek)

Cruzeiro cogita estádio dividido, mas não na final do Mineiro

Com a vantagem de decidir em casa e de faturar o título do Campeonato Mineiro com um empate na soma dos placares, o Cruzeiro chegou a cogitar a hipótese de jogar as duas partidas finais do Estadual no Mineirão e com o público dividido. Em uma conversa entre os membros da cúpula do futebol, no entanto, o fato foi descartado. Dois motivos foram apresentados: a perda da vantagem de definir a competição dentro de seus domínios, com maioria da torcida, e o fato de que o arquirrival Atlético-MG jamais aceitou algo em situação semelhante. (Por Thiago Fernandes)