PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Médico da seleção vai a Paris ver Neymar e pede calma com diagnóstico

Tite concede entrevista em Lille na véspera de amistoso da seleção brasileira contra o Japão - REUTERS/Stephane Mahe
Tite concede entrevista em Lille na véspera de amistoso da seleção brasileira contra o Japão Imagem: REUTERS/Stephane Mahe

Do UOL, em São Paulo

27/02/2018 12h10

Classificação e Jogos

Rodrigo Lasmar, médico da seleção brasileira, irá a Paris para acompanhar a lesão de Neymar. Em entrevista ao “Redação SporTV”, ele disse estar em contato com os médicos do PSG e afirmou ainda não existir nenhuma indicação de tratamento.

“Estou voltando de Moscou para o Brasil e antes vou parar em Paris. Por enquanto, não existe nenhuma indicação de tratamento. Nós vamos exatamente para poder ver as imagens, examinar o jogador, conversar com os médicos. Só a partir daí poderá definir o que será feito”, afirmou.

Neymar sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito durante a partida do PSG contra o Olympique de Marselha no último domingo. O UOL Esporte apurou que o jogador será operado e voltará apenas em maio.

“No primeiro momento, o mais importante é ter calma, fazer um diagnóstico bem feito. A fissura é uma fratura incompleta. Uma fratura desse tipo tem vários tipos de gravidade. Isso tudo precisa ser bem determinado para definir o tipo de tratamento”, completou.

Rodrigo Lasmar estava na Rússia para participar de um workshop feito pela organização da Copa do Mundo com as seleções que irão ao Mundial.

Copa 2018