PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Menon


Menon

Domènec tem início parecido com o de Jesus

Domènec Torrent, técnico do Flamengo, cumprimenta Vagner Mancini antes de partida contra o Atlético-GO no Brasileirão 2020 - Alexandre Vidal/Flamengo
Domènec Torrent, técnico do Flamengo, cumprimenta Vagner Mancini antes de partida contra o Atlético-GO no Brasileirão 2020 Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo
Menon

Meu nome é Luis Augusto Símon e ganhei o apelido de Menon, ainda no antigo ginásio, em Aguaí. Sou engenheiro que nunca buscou o diploma e jornalista tardio. Também sou a prova viva que futebol não se aprende na escola, pois joguei diariamente, dos cinco aos 15 anos e nunca fui o penúltimo a ser escolhido no par ou ímpar. Aqui, no UOL, vou dar seguimento a uma carreira que se iniciou em 1988. com passagens pelo Trivela, Agora, Jornal da Tarde entre outros.

12/08/2020 22h41

A trajetória brilhante de Jesus no Flamengo teve dois momentos ruins no início.

O primeiro envolveu a lateral direita. Contra o Furacão, ele escalou Rosinei e Rafinha e não foi bem. E, contra o Bahia, perdeu por 3 x 0.

Agora, Domènec perdeu por 3 x 0 para o Dragão. E a vitória foi conseguida com jogo em cima de Rodrigo Caio, deslocado para a lateral.

Alguém precisava ter contado ao Domènec que Rodrigo Caio detesta jogar na lateral. E joga muito mal por ali.

Agora está na hora de imitar as coisas boas. Ele deveria ter uma boa conversa com os jogadores. O que está dando errado? Não estão entendendo? Não estão altos a fazerem o que ele pede?

Precisa mudar.

Ou não.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Menon