PUBLICIDADE
Topo

Mauro Cezar Pereira

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Exclusivo: eleita, Leila nega conflito. 'Eu não tiro dinheiro do Palmeiras'

Leila Pereira eleita presidente do Palmeiras  - Reprodução/TV Palmeiras
Leila Pereira eleita presidente do Palmeiras Imagem: Reprodução/TV Palmeiras
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauro Cezar Pereira em Montevidéu, Uruguai

Mauro Cezar Pereira nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista desde 1983, com passagens por vários veículos, como as Rádios Tupi e Sistema Globo. Escreveu em diários como O Globo, O Dia, Jornal dos Sports, Jornal do Brasil e Valor Econômico; além de Placar e Forbes, entre outras revistas. Na internet, foi editor da TV Terra (portal Terra), Portal AJato e do site do programa Auto Esporte, da TV Globo. Trabalhou nas áreas de economia e automóveis, entre outras, mas foi ao segmento de esportes que dedicou a maior parte da carreira. Lecionou em faculdades de Jornalismo e Rádio e TV. Colunista de O Estado de S. Paulo e da Gazeta do Povo, desde 2004 é comentarista dos canais ESPN.

em Montevidéu, Uruguai

27/11/2021 11h16

Leila Pereira tomava café sozinha no hotel onde está hospedada em Montevidéu, cidade que em poucas horas receberá a decisão da Copa Libertadores entre o Flamengo e o Palmeiras, clube que a empresária presidirá a partir do dia 15 de dezembro. Em rápida conversa com o blog, ela prometeu time mais forte e rebateu a alegação de que existiria conflito de interesses, por se tratar de patrocinadora do clube desde 2015.

Qual sua expectativa para a final, a sua primeira como presidente eleita do Palmeiras?
Estou muito feliz, preparadíssima, junto com nosso torcedor, já preparada para o grande jogo e estou muito tranquilo pela certeza de que o trabalho foi feito. Tudo o que é possível nos fazemos por um Palmeiras mais forte, estou muito tranquila só aguardando o horário do jogo. Eu fui eleita presidente do Palmeiras, mas só tomo posse no dia 15 de dezembro e o pode esperar pela Leila Pereira, a Leila estará sempre pronta para fazer um Palmeiras cada vez mais vitorioso.

Quando você fala de um Palmeiras mais vitorioso o torcedor deve esperar mais jogadores contratados e um time mais forte do que o atual?
Sim, sim, claro. Fortalecendo sempre, com investimento para fortalecer cada vez mais o nosso time. Sempre com a orientação da comissão técnica, mas estou aqui para isso, gente, para fortalecer cada vez mais o nosso time. Como? Com a aquisição de jogadores, sem dúvida nenhuma.

Veja a entrevista em vídeo:

Uma das questões que mais se comenta da sua eleição é o fato de você ser a patrocinadora do clube, por intermédio das suas empresas e agora presidente do Palmeiras. Como é que você lida com isso, como você acha que isso vai se processar? Como vê essa questão?
Eu lido com muita tranquilidade. Como vocês devem conhecer, o Código de Ética da CBF no seu artigo 13, no inciso 4, é claro ao dizer que um dirigente pode ser também um patrocinador. Isso é claro, então eu não tenho problema absolutamente nenhum com isso. E gente, eu só coloco dinheiro no Palmeiras, as pessoas têm que se preocupar com quem tira, retira dinheiro do clube. Eu só coloco. Eu estou aqui e quem está pagando toda a minha estadia aqui em Montevidéu sou eu. Essa camisa do Palmeiras (mostrando a camisa) fui eu.

Então o Palmeiras nunca teve despesa comigo, nem com as minhas empresas. Tudo, tudo o que nós fazemos é para o bem do Palmeiras. Os contratos de empréstimo foram aprovados pelo conselho deliberativo, o Palmeiras vem arcando com as suas responsabilidades com o patrocinador, pagando há venda do jogador. Não tem estresse, não tem problema, eu nunca prejudiquei o Palmeiras, em absolutamente nada, aliás, eu acho que é por isso, acho não, eu tenho certeza, que eu fui eleita presidente do Palmeiras.

A primeira presidente mulher da história do Palmeiras. Foi assim em todas as minhas eleições, primeiro como conselheira, fui a conselheira mais votada da história do Palmeiras, depois na minha reeleição, eu bati o meu recorde. Por que? Por que o torcedor, o sócio, ele confia no meu trabalho, ele sabe que eu estou lá só para colaborar. Então esse problema de conflito de interesse, gente, isso está superado, isso não existe.

Siga Mauro Cezar no Twitter

Siga Mauro Cezar no Instagram

Siga Mauro Cezar no Facebook

Inscreva-se no Canal Mauro Cezar no YouTube