Juca Kfouri

Juca Kfouri

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Se eu fosse o que não sou

Se eu fosse torcedor do Fluminense estaria em êxtase, porque 2023 entrou para a história. A Libertadores mora nas Laranjeiras.

Fosse palmeirense estaria orgulhoso de mais um bicampeonato brasileiro, o terceiro, que só o Palmeiras tem.

Fosse são-paulino curtiria o título inédito da Copa do Brasil e exigiria a volta dos tempos soberanos.

Se eu fosse gremista estaria feliz com o vice-campeonato depois de estar na Série B em 2022, prova de que a queda foi enorme acidente.

Se eu fosse atleticano só não estaria tão feliz como o gremista porque a goleada na Bahia pegou mal depois de segundo turno tão bom, de recuperação.

Já se eu fosse flamenguista estaria decepcionado porque a temporada foi péssima para o nível de investimento do clube. Estar na Libertadores era mera obrigação.

Se eu fosse torcedor do Bahia, do Cruzeiro ou do Vasco estaria aliviado e mobilizado para que nunca mais haja o risco do rebaixamento, porque clubes assim tão populares merecem muito mais.

Mas se fosse adepto do América, do Coritiba ou do Goiás estaria conformado porque ser iô-iô virou a saga do trio.

Como torcedor do Bragantino, do Fortaleza e do Cuiabá ficaria orgulhoso. E muito.

Se torcesse pelo Botafogo ainda estaria chocado, mas, no ano que vem, olharia para o passado só como se o copo estivesse meio cheio, embora, é claro, pra lá de desconfiado.

Continua após a publicidade

Colorado ou do Furacão, teria sentimentos misturados.

Se gaúcho, certo de que poderia ter feito mais.

Se paranaense lamentaria a reta final, pela perda de Vitor Roque e por não estar na Libertadores no ano do centenário.

Como sou corintiano não disfarço a vergonha pela campanha humilhante do segundo clube mais popular do país, endividado, gastador irresponsável e que nem por isso saiu da parte de baixo da tabela.

Finalmente, o pior dos sentimentos: o do luto fechado.

Ser rebaixado pela primeira vez, e no Brasileirão Rei, é castigo que nenhum bom santista merece, apenas os muitos cartolas e seus asseclas responsáveis por tamanha dor.

Continua após a publicidade

Os que sangraram o Santos, os que gargantearam irresponsavelmente por achar que antiguidade é posto, merecem o fogo dos infernos.

Que 2024 seja muito melhor para todos.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora

Publicidade