Juca Kfouri

Juca Kfouri

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Quatro lutam por três vagas, três fogem de uma vala

Dia 6 de dezembro de 2023.

Noite da consagração do Palmeiras, bicampeão brasileiro seguido pela terceira vez, algo que só ele terá.

Oitavo título de 1971 para cá, para empatar com o Flamengo, e o décimo título do Brasileirão, porque os dois Robertões devem entrar na conta.

Jornada em que Atlético Mineiro, Flamengo, Grêmio e Botafogo jogam por vagas diretas na Libertadores.

Missão que parece impossível para o campeão do primeiro turno que não depende apenas de si, contra o Inter, no Beira-Rio.

Difícil para Flamengo, contra o São Paulo, no Morumbi, e para o Grêmio, no Maracanã, contra o Fluminense, antes do Mundial.

E menos complicada para o Atlético Mineiro contra o Bahia, na Fonte Nova.

Os três na dependência dos próprios resultados, mas apenas se vencerem.

Terrível, no entanto, serão os jogos para fugir da vala do rebaixamento, jamais frequentada pelo Santos, que recebe o Fortaleza e precisa vencer para não depender de ninguém, na Vila Belmiro, embora possa até perder se o Vasco não vencer o Bragantino, em São Januário.

Continua após a publicidade

O Cruzmaltino também se salvar mesmo que perca, se o Bahia não vencer o Galo.

Finalmente, temos o desespero absoluto do Bahia, que mesmo que vença o campeão do segundo turno, o Galo, pode cair, se Santos e Vasco ganharem.

Certezas?

Só a de que o G4 terá quarteto de campeões brasileiros e a de que a ZR terá dois campeões.

Uma noite para sete, pois o oitavo é Alviverde, que merecerá nota 10.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora

Publicidade