PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras opta por se isolar em primeiro treino após vexame em Campinas

Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

18/04/2017 13h53

O Palmeiras decidiu treinar sem a presença da imprensa na próxima quarta-feira (19), na reapresentação do elenco após a derrota por 3 a 0 para a Ponte Preta, em Campinas.

Depois de dois dias de folga, o clube se reapresentará às 9h30 em trabalho comandado por Eduardo Baptista que não será acompanhado pelos repórteres. Antes, Edu Dracena conversará com a imprensa.

Na semana passada, o técnico já tinha optado pela mesma tática na preparação para o jogo contra o Peñarol. Nos dois dias que antecederam o encontro com os uruguaios, o trabalho foi feito sem que ninguém da mídia pudesse acompanhar.

A programação para quinta e sexta-feira ainda não está definida. No sábado, o time da capital precisa vencer a Ponte Preta no Allianz Parque por quatro gols de diferença para avançar à final do Estadual. Caso consiga uma vitória por três gols de diferença, a decisão da vaga será feita nos pênaltis.

Torcida do Palmeiras comemora o gol de Fabiano, que abriu o placar no Allianz Parque - Eduardo Knapp/Folhapress - Eduardo Knapp/Folhapress
Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress

Torcida promete lotar estádio e cria campanha

A torcida do Palmeiras parece acreditar na volta por cima de sua equipe. Foram vendidos mais de 4 mil ingressos entre a última segunda-feira e esta terça-feira. Com isso, o total de entrada vendidas já ultrapassam a casa dos 30 mil.

Nas redes sociais, os torcedores criaram uma campanha com a hashtag #AtéoApitoFinalPalmeiras. A maioria das mensagens tem palavras de apoio aos jogadores, pedindo que eles acreditem na virada.

Futebol