PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Súmula: Juiz vê conduta antidesportiva de Maicon e 'agressão' de W. Nem

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/03/2017 20h26

Depois de atuação criticada por São Paulo e Corinthians, o árbitro Vinicius Furlan tratou de justificar o próprio desempenho na súmula do clássico, que terminou empatado por 1 a 1, no Morumbi. A expulsão de Wellington Nem, tão contestada pelos são-paulinos, ocorreu por uma ‘agressão’ vista pelo juiz nos acréscimos da partida.

No documento oficial do jogo, publicado ainda na noite deste domingo, Furlan aponta uma ‘ação temerária’ do atacante tricolor sobre o meio-campista Camacho, do Corinthians.

“Expulso por, após advertido com o cartão amarelo, atingir com o braço de forma temerária o rosto de seu adversário”, afirmou o árbitro da partida.

Já o zagueiro Maicon, que recebeu o cartão amarelo durante a comemoração do gol são-paulino no clássico, acabou advertido por ‘conduta antidesportiva’. O defensor imitou uma galinha e revoltou os jogadores do banco de reservas do Corinthians.

O árbitro ainda relatou um cartão amarelo dado ao meio-campista Wellington, do São Paulo, após o final da partida. O camisa 6, que permaneceu todo o confronto no banco de reservas, invadiu o campo para reclamar e acabou advertido por Vinicius Furlan.

Futebol