PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos tem semana livre para definir substitutos de quinteto da seleção

Ricardo Oliveira é um dos desfalques de Dorival para o clássico contra o São Paulo - Diego Padgurschi /Folhapress
Ricardo Oliveira é um dos desfalques de Dorival para o clássico contra o São Paulo Imagem: Diego Padgurschi /Folhapress

Do UOL, em São Paulo

21/03/2016 07h20

Insatisfeito com a atuação do Santos nas últimas duas partidas, o técnico Dorival Júnior terá a semana inteira livre para preparar o time para o próximo compromisso, domingo, contra o São Paulo, na Vila Belmiro, pela 12ª rodada do Paulista. Porém, não será uma tarefa fácil, já que não terá à disposição cinco de seus principais jogadores.

Zeca, Thiago Maia, Gabigol, Lucas Lima e Ricardo Oliveira se apresentam nesta segunda-feira à seleção brasileira. Enquanto os três primeiros seguem para a olímpica, que disputa amistosos nos dias 24, contra a Nigéria (em Cariacica), e 27, contra a África do Sul (em Maceió), o camisa 20 e o camisa 9 têm jogos das eliminatórias pela frente, contra Uruguai, dia 25, na Arena Pernambuco, e Paraguai, dia 29, no tradicional estádio Defensores del Chaco.

Desta forma, Dorival Júnior terá de mexer em meio time para o clássico deste domingo. E conta com a semana livre pela frente, já que o clube da Vila Belmiro teve seu pedido atendido pela CBF para jogar a partida da 11ª rodada antes dos demais (contra o XV de Piracicaba). Sendo assim, não entra em campo no meio desta semana, ao contrário das demais equipes.

Na vaga de Lucas Lima, Rafael Longuini e Serginho (em nova função) aparecem como favoritos. Para o lugar de Ricardo Oliveira, Joel deve ser o escolhido caso Dorival Júnior não queria mexer na estrutura da equipe e manter um centroavante no esquema. Já Caju, que entrou e foi bem diante do Rio Claro, é o principal candidato a substituir Zeca na lateral esquerda.

Com a ausência de Gabigol, Paulinho, que iniciou o ano como titular de Dorival Júnior, deve ganhar nova chance de mostrar serviço ao treinador. Ele inclusive foi o escolhido para substituir Serginho, que precisou deixar o campo diante do Rio Claro ainda no primeiro tempo. Já na vaga de Thiago Maia, Alison, que em Rio Claro jogou de lateral, deve assumir a posição.

Ao menos no setor defensivo, Dorival Júnior não terá de mexer na equipe que não sabe o que é levar gol há quatro rodadas. Ele ainda tem a opção de utilizar novamente o zagueiro David Braz, titular em 2015 e que diante do Rio Claro voltou a ser relacionado depois de três meses, após se recuperar de lesão sofrida no fim do ano passado, na final da Copa do Brasil.

Com 22 pontos em 11 jogos, o Santos ocupa a liderança do grupo A do Campeonato Paulista, com cinco pontos a mais que o São Bento, vice-líder. O time da Vila Belmiro ainda é o segundo colocado da classificação geral, atrás apenas do Corinthians, que soma 23 em dez partidas.

Futebol