PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2019

Jogo do Inter tem 61 graus no gramado e balde de gelo para chuteiras

Inter pediu e arbitragem fará duas paradas técnicas para hidratação - reprodução/Premiere
Inter pediu e arbitragem fará duas paradas técnicas para hidratação Imagem: reprodução/Premiere

Do UOL, em Porto Alegre

27/01/2019 17h14

Antes da bola rolar para São José-POA x Internacional um flagra resumiu o cenário. Termômetro usado pela RBS TV registrou temperatura de 61,1 graus no gramado sintético do estádio Passo D'Areia. O local passou por reforma e tem nova grama artificial, mas não evitou que o time colorado apelasse ao balde de água com gelo para fugir do calor excessivo.

O Inter também pediu para arbitragem realizar duas paradas técnicas no primeiro tempo. A ideia da comissão técnica vermelha é dar chance de hidratação ao elenco diante do sintético quente e sensação térmica.

A temperatura elevada é uma das características do Passo D'Areia desde 2011, quando o estádio recebeu gramado sintético. No final do ano passado, o São José iniciou reforma e instalou novo sistema de irrigação. De acordo com os dirigentes do clube, o ato de molhar o campo ajudará a minimizar o calor excessivo.

"Claro que eles têm um costume maior, mas temos que nos adaptar o mais rápido possível. Dar dois toques na bola, em um primeiro momento. Depois, os jogadores tem qualidade e vão se adaptar. Na sequência, vamos manter nossos conceitos para buscar a vitória", disse Odair Hellmann, treinador do Internacional.

O balde com gelo foi colocado à beira do gramado, como já ocorreu em 2014 - em jogo entre São José x Grêmio. À época, o lateral direito Tinga sofreu com bolhas na sola do pé pela alta temperatura no gramado sintético. A medida acabou sendo flagrada pelos canais Premiere.