PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2019

Reservas correspondem e Grêmio goleia Novo Hamburgo em estreia no Gauchão

LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Imagem: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

20/01/2019 18h53

O Grêmio estreou com vitória e sem sustos no Campeonato Gaúcho. Neste domingo (20), mesmo com time reserva e cheio de jovens, o clube tricolor fez 4 a 0 em cima do Novo Hamburgo. A partida no estádio do Vale, em Novo Hamburgo, teve domínio da equipe gremista desde o início. Juninho Capixaba, Marinho, Pepê e Matheus Henrique balançaram as redes.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Aimoré e o Novo Hamburgo recebe o Veranópolis. As duas partidas acontecem na quarta-feira (23), às 20h30 (Brasília).

O Grêmio não precisou fazer força para vencer o Novo Hamburgo. No duelo entre os campeões estaduais de 2017 e 2018, valeu a qualidade técnica. O atributo fez o time de Renato Gaúcho superar o fôlego dos donos da casa, com mais tempo de preparação, e deixar o duelo com cara de treino.

Na escalação inicial, o Grêmio usou reservas dos últimos anos. A única cara nova foi Rômulo, volante emprestado pelo Flamengo. Marcelo Oliveira debutou como zagueiro após deixar a lateral esquerda e Thonny Anderson fez a função de centroavante.

Alisson sente joelho e sai cedo

Décimo segundo jogador do Grêmio no ano passado, Alisson ficou em campo menos de 15 minutos. Depois de uma dividida perto da área do Novo Hamburgo, o meia-atacante pediu para sair. Ele sentiu dores no joelho direito e deu lugar a Pepê. De acordo com os médicos, Alisson teve uma hiperextensão na articulação e será reavaliado para saber as consequências.

Grêmio domina e é preciso

O Grêmio teve mais posse de bola no primeiro tempo contra o Novo Hamburgo, mas não conseguiu tenta profundidade assim. O time da casa é quem finalizou primeiro e até obrigou Paulo Victor a se esticar. A diferença foi a qualidade na hora de concluir a gol.

Bustamante e Kelvin tiveram a chance de marcar para o Novo Hamburgo, mas não fizeram. Juninho Capixaba infiltrou após tabela com Pepê e bateu de três dedos para fazer gol.

Na segunda etapa, o Novo Hamburgo pressionou mais a defesa do Grêmio e conseguiu gerar oportunidades em série. Paulo Victor fez duas defesas seguidas e salvou. A marcação mais alta do time treinado por Bolívar, ex-zagueiro de Inter e Botafogo, deu espaços que Renato soube explorar.

Marinho brilha no primeiro toque

Aos 9 minutos, Kaio deu lugar a Marinho e assistiu de fora de campo um gol relâmpago. Marinho deu primeiro toque na bola para tirar do goleiro Gustavo e fazer 2 a 0. Um desvio de pé esquerdo depois de chutão de Paulo Victor, toque de Thonny Anderson e saída à frente do gol do Novo Hamburgo. Na comemoração, o meia-atacante tirou a camisa e levou amarelo.

Na sequência, Pepê aproveitou bom passe de Jean Pyerre e invadiu a área para chutar cruzado e marcar 3 a 0. Pouco depois, o Grêmio fez linha de passe dentro da área do Novo Hamburgo até Matheus Henrique concluir e marcar o quarto gol.

FICHA TÉCNICA
NOVO HAMBURGO 0 X 4 GRÊMIO

Data e hora: 20/01/2019 (domingo), às 17h (Brasília)
Local: estádio do Vale, em Novo Hamburgo (RS)
Árbitro: Vinícius Amaral
Auxiliares: Tiago Augusto Kappes Diel e Fabrício Lima Baseggio
Cartões amarelos: Juninho, Fabinho (NH); Jean Pyerre, Kaio, Marinho (GRE)
Gols: Juninho Capixaba, aos 40 minutos do primeiro tempo (GRE); Marinho, aos 10 minutos do segundo tempo (GRE); Pepê, aos 26 minutos do segundo tempo (GRE); Matheus Henrique, aos 36 minutos do segundo tempo (GRE)

NOVO HAMBURGO: Gustavo; Osvaldir, Fred, Luis Gustavo e Fabinho; Amaral (Rodrigo Paulista), Mossoró e Juninho; Héctor Bustamante, Kelvin e Paulinho Simionato (Leandro)
Técnico: Bolívar

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e Juninho Capixaba; Rômulo, Matheus Henrique, Kaio (Marinho), Jean Pyerre e Alisson (Pepê); Thonny Anderson (André)
Técnico: Renato Gaúcho