PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Carille comanda treino com estilo de Tite e barra Cristian e Lucca

Cristian comete falta sobre Dudu no clássico paulista na Arena Corinthians - Eduardo Anizelli/Folhapress
Cristian comete falta sobre Dudu no clássico paulista na Arena Corinthians Imagem: Eduardo Anizelli/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

20/09/2016 16h45

Fábio Carille comandou seu segundo treino à frente do Corinthians. Na primeira ocasião que pôde organizar 11 titulares, o auxiliar já mostrou duas novidades na equipe que vai enfrentar o Fluminense nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil: Cristian e Lucca foram barrados.

O volante e o atacante foram titulares no último jogo do time sob o comando de Cristóvão Borges, na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, em Itaquera. Eles devem ficar fora da busca pela vaga nas quartas após o empate por 1 a 1 na ida. 

No treino da véspera da partida, a escalação feita por Carille foi  Cássio, Fagner, Yago, Balbuena e Arana; Camacho; Marquinhos, Giovanni, Rodriguinho e Marlone; Romero. Vale lembrar que Vilson e Uendel não treinaram e podem nem ser relacionados para o jogo. 

Carille voltou a usar também uma técnica bastante usada por Tite e que ficou mais esquecida com Cristóvão Borges: o chamado treino com adversário fantasma. Neste exercício, os jogadores são orientados sobre a sua movimentação com e sem bola e em diferentes situações de jogo. 

Na sua primeira entrevista como treinador, Carille não escondeu que se espelhará em Tite para tentar tirar o Corinthians da crise. Além de já ter sido auxiliar do técnico da seleção brasileira, ele já trabalhou com Mano Menezes, Adílson Batista, além do próprio Cristóvão. 

Futebol