PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Nem filhas perdoaram criador de "fake gol" que enganou Felipão

Emerson (à dir) viralizou perguntando se havia sido gol do Grêmio - reprodução/SporTV
Emerson (à dir) viralizou perguntando se havia sido gol do Grêmio Imagem: reprodução/SporTV

Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

22/11/2018 04h00

Gol do Grêmio? Essa simples pergunta fez com que milhares de torcedores no Allianz Parque, jogadores e até o técnico Luiz Felipe Scolari comemorassem por alguns instantes o resultado que daria o décimo título do Campeonato Brasileiro para o Palmeiras. Um dos responsáveis pela confusão foi Emerson Cabral, engenheiro, que estampou uma das cenas mais divertidas da vitória palmeirense por 4 a 0 sobre o América-MG.

O que se tornou um “fake gol” foi, na verdade, um mal-entendido. Emerson só perguntava para o amigo se havia acontecido gol do Grêmio, afinal, era o seu companheiro que estava escutando o jogo no rádio. E assim nasceu a confusão.

“Então, eu estava tentando ficar atento ao jogo do Flamengo porque o nosso já estava liquidado. De repente, eu ouvi um burburinho e perguntei pro meu amigo: “Gol do Grêmio?”. Ele não entendeu como uma pergunta e repetiu. Gol do Grêmio e começou a gritar. Daí eu pensei que ele também estava afirmando e todo mundo comemorou”, disse Emerson em entrevista ao UOL Esporte.

Siga o UOL Esporte no

O palmeirense de 41 anos acompanhava o jogo entre Flamengo e Grêmio pela internet. No momento da comemoração, a partida estava 1 a 0 para os cariocas, que fizeram o segundo gol com Diego e decretaram a vitória que impediu o título antecipado do Palmeiras.

Leia também:

Casado e com duas filhas, de 9 e 4 anos, Emerson teve de aguentar brincadeira até delas depois que a goleada do Palmeiras aconteceu. “Recebi umas 200 mensagens de amigos que não via há tempos. Até minhas filhas tiraram sarro e eu não entendendo nada”, brincou.

Felipão cai em "fake gol" - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

“Uns minutinhos (demorou para cair a ficha). Daí, fiquei quieto porque não sabia ainda que eu tinha sido o pivô. Quando soube, fiquei torcendo pra sair logo o gol antes que viralizasse. Mas não deu”, finalizou.

A repercussão do “gol do Grêmio” foi tão grande que no banco de reservas, Luiz Felipe Scolari chegou a perguntar para sua comissão técnica quanto estava a partida. Fez gesto de 1 a 1 com as mãos e depois foi informado do 1 a 0.

Esporte