PUBLICIDADE
Topo

Em boa fase, Cicinho festeja ter preterido São Paulo para escolher o Santos

Lateral Cicinho deu duas assistências na vitória do Santos contra o São Paulo por 3 a 0 - Divulgação/Flickr Santos F.C
Lateral Cicinho deu duas assistências na vitória do Santos contra o São Paulo por 3 a 0 Imagem: Divulgação/Flickr Santos F.C

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

03/10/2013 17h48

O lateral direito Cicinho, que vive uma grande fase com a camisa do Santos, comemorou o fato de ter preterido o São Paulo para acertar com o time da Vila Belmiro em junho deste ano. Revelado pela Ponte Preta, o atleta recebeu duas propostas do clube do Morumbi antes de assinar contrato de cinco temporadas com o alvinegro praiano.

“Deus abençoou para que eu pudesse fazer a melhor escolha, fui bem recebido no Santos, o São Paulo é um grande também. Todo jogador quer jogar lá. Não está atravessando um bom momento (São Paulo), mas não deixa de ter seu prestigio, não deu para eu ir por questão de negociação, mas espero que eu possa dar continuidade no Santos, e apresentando o melhor futebol para brigarmos sempre lá em cima na tabela”, afirmou Cicinho.

A diretoria santista desembolsou R$ 10 milhões para fechar o negócio com a Ponte Preta. O Comitê Gestor do clube contou com a ajuda do grupo inglês Doyen Sports, investidores que faziam parceira com o Santos nos direitos econômicos do meia Felipe Anderson, negociado com a Lazio, da Itália.  

O Santos venceu a concorrência do São Paulo para contratar a revelação da Ponte Preta. Nesta temporada, o clube do Morumbi fez duas propostas por Cicinho. O Tricolor ofereceu R$ 3 milhões, valor rechaçado pelos ponte-pretanos, que pediram R$ 7 milhões a mais.

Na segunda tentativa, o São Paulo ofereceu quatro jogadores somados ao mesmo valor: o zagueiro João Filipe, o meia Dener, o atacante Wallyson e outro jogador que não teve o nome revelado, mas a Ponte Preta também recusou.

No Santos, Cicinho assumiu a condição de titular absoluto da lateral direita e venceu rapidamente a concorrência com os ex-titulares Galhardo e Bruno Peres. O jogador se destacou nos dois últimos jogos da equipe santista no Campeonato Brasileiro.

Apesar da derrota por 3 a 1 diante do Atlético-MG, Cicinho, que jogou no meio-campo, foi o autor do único gol santista. Na vitória do Santos contra o São Paulo por 3 a 0, o lateral deu duas assistências – para os gols de Thiago Ribeiro e Léo.

Esporte