Topo

Esporte


Falta de criatividade no meio campo dificulta São Paulo a alcançar liderança

Casemiro tenta ganhar disputa com gremistas. Meio campo tem enfrentado dificuldades - Lucas Uebel/VIPCOMM
Casemiro tenta ganhar disputa com gremistas. Meio campo tem enfrentado dificuldades Imagem: Lucas Uebel/VIPCOMM

Do UOL Esporte

Em São Paulo

12/09/2011 07h02

O meio campo é considerado um dos pontos fortes do São Paulo com jogadores de seleção brasileira como Casemiro e Lucas e o pentacampeão Rivaldo. Mas não tem funcionado nos últimos jogos e virou um dos responsáveis pelos tropeços do time que desperdiça chances de alcançar o topo do Brasileirão.

No domingo, a equipe poderia ultrapassar o Corinthians e ser líder, mas saiu derrotada diante do Grêmio por 1 a 0, no Olímpico. Uma das principais críticas enfrentadas pelo time foi a falta de criatividade. Até Lucas, que vem atuando no ataque ao lado de Dagoberto, reclamou que a bola não tem chegado.

“Tínhamos de atacar mais e ser mais agressivos. Só pensamos em marcar. Recebi poucas bolas, aí fica difícil. Não podemos entrar com este pensamento de ficar recuado, precisamos sair sempre em busca da vitória. Seguramos muito atrás, tínhamos de procurar mais o ataque. Nosso time foi pouco ousado e acabou derrotado”, disse.

Adilson Batista tem optado por uma formação mais defensiva e que prioriza a marcação com Wellington, Casemiro, Carlinhos Paraíba e Cícero. Mas também tem sofrido com as frequentes ausências e é constantemente obrigado a promover mudanças.

O titular Denilson ainda se recupera de lesão e deve voltar no próximo fim de semana. Contra o Atlético-MG, por exemplo, Wellington precisou ser deslocado para a lateral e Rodrigo Caio atuou no setor.

Apesar dos problemas, fato é que a armação tem sido pouco eficiente. Nos últimos sete jogos pelo Brasileirão, o meio campo considerado titular teve participação efetiva em apenas dois gols. Diante do time mineiro, Casemiro tabelou com Lucas para o gol relâmpago do meia-atacante aos 25 segundos de jogo. Ante o Figueirense, o gol de Cícero começou com jogada de Carlinhos Paraíba. Curiosamente, foram as duas únicas vitórias neste período.

Recentemente, Rivaldo e Marlos deram sua contribuição. O veterano deixou sua marca contra time catarinense e deu a assistência para o gol de Dagoberto contra o Palmeiras, enquanto Marlos balançou as redes contra o América-MG. Mas ambos figuram no banco de reservas.

Grêmio x São Paulo
Veja Álbum de fotos

Mais Esporte