PUBLICIDADE
Topo

Alemão - 2019

Vitória fecha portões após Ba-Vi e cancela coletivas dos jogadores

Do UOL, em Santos (SP)

19/02/2018 10h24Atualizada em 19/02/2018 12h24

A segunda-feira (19) vem sendo de mudanças na Toca do Leão. Um dia após o polêmico Ba-Vi disputado no Barradão, pelo Campeonato Baiano, os jogadores trabalharam com portões fechados, sendo que inicialmente as atividades seriam abertas à imprensa.

Além disso, nenhum jogador do Vitória concedeu entrevista coletiva após o treinamento – que teve início às 9h. Usualmente, um atleta da equipe costuma falar com imprensa após a atividade.

A medida será estendida, inclusive, por toda semana. Na agenda da semana divulgada pela assessoria de imprensa, todos os dias contam com treinos fechados e sem entrevistas coletivas dos jogadores. A única exceção é quinta-feira, que contará com treino aberto - mas ainda sem coletiva.

O Vitória volta a campo na próxima quarta-feira (21), quando visita o Jacuipense, na Arena Valfredão, em jogo atrasado da quinta rodada do Campeonato Baiano.

Recheado de brigas e expulsões, o Ba-Vi terminou 1 a 1 e foi interrompido aos 32 minutos do segundo tempo porque o Vitória não tinha o número mínimo de atletas em campo. Ao todo, foram nove cartões vermelhos. Segundo o regulamento, o triunfo será concedido ao Bahia.