Topo

Futebol Americano


Aos 42 anos, Tom Brady renova contrato com os Patriots por mais dois anos

Tom Brady acertou renovação até 2021 - Kevin C. Cox/Getty Images/AFP
Tom Brady acertou renovação até 2021 Imagem: Kevin C. Cox/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

04/08/2019 15h58

Um dia após completar 42 anos, Tom Brady ganhou um grande presente. Hoje (4), o quarterback, considerado um dos maiores jogadores da história do futebol americano, acertou a renovação de contrato com o New England Patriots até 2021.

Com o novo vínculo, Brady receberá um aumento de US$ 8 milhões (R$ 31,13 milhões) para a temporada de 2019, que começa em pouco mais de um mês, passando a ganhar US$ 23 milhões (R$ 89,50 milhões).

Segundo informações de Ian Rapoport, da NFL Network, o total do acordo é de US$ 70 milhões (R$ 272,40 milhões), com salários de US$ 30 milhões (R$ 116,75 milhões) em 2020, e US$ 32 milhões (R$ 124,53 milhões) em 2021.

Assim, Brady será o sexto quarterback mais bem pago da NFL, empatado com Drew Brees, do New Orleans Saints. Quem lidera a lista atual é Russell Wilson, que assinou com o Seattle Seahawks por quatro anos e US$ 140 milhões (R$ 544,81 milhões), uma média de US$ 35 milhões (R$ 136,20 milhões) por temporada.

Brady foi draftado no ano 2000 pelos Patriots, onde joga desde então. Ao todo, ele conquistou seis vezes o Super Bowl, nas temporadas de 2001/02, 2003/04, 2004/05, 2014/15, 2016/17 e 2018/19, se tornando o jogador com mais títulos na história do futebol americano. Foi eleito ainda o melhor da temporada em quatro ocasiões.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado, Tom Brady conquistou o Super Bowl na temporada 2016/17, e não na temporada 2017/18. A informação foi corrigida.
ESPN e Ei PLus

Assista a todos os jogos e programas de ESPN e El Plus sem TV a cabo.

Mais Futebol Americano