PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

"Nunca vivi algo assim na última volta", celebra Hamilton

Lewis Hamilton checa o pneu estourado de sua Mercedes após vencer o GP da Inglaterra em Silverstone - Bryn Lennon/Getty Images
Lewis Hamilton checa o pneu estourado de sua Mercedes após vencer o GP da Inglaterra em Silverstone Imagem: Bryn Lennon/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

02/08/2020 12h16

Lewis Hamilton afirmou que nunca tinha vivido uma experiência parecida com a de hoje no GP da Grã-Bretanha, a quarta etapa do Mundial de Fórmula 1. O piloto inglês dominou a prova de ponta a ponta, teve um dos pneus de sua Mercedes estourado na última volta e quase foi ultrapassado por Max Verstappen.

"Definitivamente eu nunca vivi algo como isso na última volta", afirmou Hamilton depois de conquistar a sétima vitória no circuito de Silverstone. "O pneu esvaziou na reta e meu coração foi na boca. Eu só fiquei rezando para terminar a volta. O final foi realmente arrepiante."

A vitória só não escapou de Hamilton porque Verstappen havia decidido fazer pit-stop um pouco antes para tentar fazer a volta mais rápida da corrida e ganhar um ponto extra. Com isso, o holandês ficou para trás e não teve tempo suficiente para ultrapassar o inglês - terminou a prova a menos de seis segundos do vencedor.

"Eu fiquei muito frio por algum motivo no final. Bono (Peter Bonnington, engenheiro de corrida de Hamilton) me dava as informações e, de início, eu estava 30 segundos à frente. Isso foi diminuindo e, na minha cabeça, eu só pensava onde fica o final da volta", dramatizou Hamilton.

"Quando chegou aos 15, a diferença não parava de cair. Então, eu cheguei à última curva e ouvi 9, 8, 7, e eu estava apenas tentando fazer o pneu girar. Meu coração provavelmente quase parou", completou o inglês.

Antes de Verstappen parar, um estouro de pneu já havia abalado o outro piloto da Mercedes. O finlandês Valtteri Bottas, que ocupava a segunda colocação, ainda tentou segurar o carro, mas precisou parar para efetuar a troca. Com isso, terminou a corrida na 11ª colocação.

Fotos do GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1

Com a terceira vitória consecutiva na temporada 2020, Hamilton abriu 30 pontos de vantagem na liderança do Mundial. O inglês, hexacampeão mundial, soma 88, contra 58 de seu companheiro Valtteri Bottas. Max Verstappen, da Red Bull, soma 52

Fórmula 1