PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Djokovic perde set, mas passa pela estreia em busca do hepta em Wimbledon

Reuters
Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

27/06/2022 12h08

No papel, uma estreia em Wimbledon contra o número 81 do mundo não deveria ser tão trabalhosa para Novak Djokovic, terceiro colocado no ranking mundial e hexacampeão na grama do All England Club. O sul-coreano Soonwoo Kwon, no entanto, fez o sérvio suar um bocado para conquistar a vaga na segunda rodada. Nole perdeu um set e precisou salvar break points em outros dois para fazer 6/3, 3/6, 6/3 e 6/4 e vencer sua 22ª partida seguida no torneio.

Com o triunfo desta segunda, Djokovic agora tem 80 vitórias na carreira em Wimbledon. Ele se torna o primeiro tenista - homem ou mulher - a somar 80 triunfos em cada um dos torneios do Grand Slam (Australian Open, Roland Garros e US Open são os outros três). Na próxima rodada, o campeão do torneio em 2011, 2014, 2015, 2018, 2019 e 2021 vai enfrentar o vencedor do jogo entre o australiano Thanasi Kokkinakis e o polonês Kamil Majchrzak.

Como aconteceu

Kwon entrou em quadra disposto a agredir e tomar a dianteira dos pontos contra o número 3 do mundo, sem se deixar intimidar pelo currículo do rival. Foi assim, com dois winners de direita, que o sul-coreano conquistou a primeira quebra do jogo logo no terceiro game. Kwon abriu 3/1, mas sua vantagem não durou muito. Em um sexto game cheio de erros, Djokovic devolveu a quebra após uma falha não forçada de esquerda do desafiante. A partida mudou, ex-número 1 tomou controle do duelo e, depois de vencer cinco games seguidos, Nole fechou a parcial em 6/3.

Em uma partida típica, o hexacampeão de Wimbledon dispararia no placar, mas não foi isso que aconteceu. Djokovic fez um péssimo quarto game no segundo set e foi quebrado após somar três falhas não forçadas. Em seguida, Kwon novamente teve o serviço ameaçado, mas jogou com coragem e saiu de 0/40 para confirmar e fazer 4/1. O sul-coreano também foi ameaçado quando sacou para o set, em 5/3. Kwon, porém, saiu de outro 0/30 e venceu quatro pontos seguidos, com dois winners e dois erros forçados do sérvio: 6/3.

Depois dos dez erros não forçados no segundo set, Djokovic reduziu seu número de falhas, o que dificultou a tarefa de Kwon, que seguia atacando, mas precisava fazer mais para ganhar pontos e seguir equilibrando o duelo. Nole salvou-se de um break point no quinto game e manteve o serviço até conquistar uma chance no saque do sul-coreano. Ela veio no oitavo game, quando Kwon cometeu uma dupla falta e um erro não forçado. Djokovic aproveitou e forçou um erro do rival para chegar à quebra. Em seguida, confirmou o serviço e abriu 2 sets a 1.

A maior dificuldade para Djokovic na partida era desequilibrar o adversário. Kwon, extremamente veloz na grama, chegava bem posicionado na maioria das bolas e podia alongar os ralis até ver uma chance de atacar. O sul-coreano, por sua vez, continua precisando correr riscos para ganhar pontos do veterano, e esse preço foi cobrado no quinto game, quando Kwon cometeu quatro erros (dois não forçados) e perdeu o saque de zero. Nole abriu 4/1 pouco depois e não olhou mais para trás.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.