PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Podcast SeV S03E37 - Testes do Next Gen Finals e o que pode vingar na ATP

Sebastian Korda no Next Gen ATP Finals de 2021 em Milão - EFE
Sebastian Korda no Next Gen ATP Finals de 2021 em Milão Imagem: EFE
Conteúdo exclusivo para assinantes
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

12/11/2021 20h22

O podcast Saque e Voleio, no ar para os apoiadores do blog, vem hoje com uma análise das "regras e inovações" adotadas pela ATP no Next Gen Finals, o torneio com oito grandes jovens que está sendo disputado em Milão e é usado pela entidade como campo de testes de regras e formatos.

Um por um, cito e analiso todos itens listados pela ATP como "regras e inovações", explicando a ideia por trás da regra, o que funciona e não funciona e dou minha opinião sobre se aquilo tem chance de ser implementado em tempo integral no circuito masculino.

Falo sobre o set curto, com tie-break no 3/3, mas também analiso vantagens e desvantagens do no-ad, o movimento liberado de torcedores, as chamadas de bola automáticas (sem desafio), o shot clock, o coaching liberado da beira da quadra, o limite a tempos médicos e as idas ao banheiro com limite de tempo, entre outros detalhes.

Quem já apoia o Saque e Voleio pode acessar o link para o episódio lá no Mural do Apoia.se.

Quem quiser pode aproveitar a ocasião para começar a apoiar o blog (com R$ 15 mensais, você tem direito a conteúdo exclusivo, newsletter semanal e grupo de bate-papo via Telegram, além de brindes e promoções). Basta visitar o Apoia.se, conhecer melhor o programa de financiamento coletivo recorrente do Saque e Voleio e fazer sua contribuição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL