Olhar Olímpico

Olhar Olímpico

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemEsporte

Técnico da seleção de ciclismo é suspenso por 2 anos por assédio sexual

O Conselho de Ética do Comitê Olímpico do Brasil (COB) suspendeu hoje, por dois anos, o técnico Emerson da Silva, que comandava a seleção brasileira de ciclismo de pista até o ano passado. O caso será encaminhado à polícia civil do Rio de Janeiro.

Emerson fica suspenso por dois anos do "exercício de quaisquer funções junto ao Movimento Olímpico, incluindo COB e Confederações Olímpicas", sendo proibido de "exercer qualquer função em todo o sistema olímpico brasileiro". A CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) recebeu recomendação de "revisão e melhoria de seus sistemas de comunicação interna, governança, prevenção de incidentes de assedio e abuso, e atendimento a vítimas".

Em junho, o UOL Esporte revelou, em primeira mão, uma denúncia de assédio sexual contra ele. Uma atleta, cujo nome é mantido em sigilo, relatou que, em 2018, quando ela tinha 18 anos e era atleta da seleção brasileiro, sofreu tentativa de estupro por parte de Emerson. Os relatos são fortes, e podem ser lidos aqui. O conteúdo é sensível.

O UOL teve acesso a uma conversa telefônica, em que Emerson tenta convencer a vítima a não apresentar denúncia a respeito do episódio de cinco anos atrás. No diálogo, o treinador disse que, se o caso viesse à tona, ele seria preso.

A atleta inicialmente denunciou Emerson ao Conselho de Ética da CBC, onde a denunciante teria sido desrespeitada, de acordo com seu advogado. À época da publicação da reportagem, o caso foi levado ao Conselho de Ética do COB, que tomou a decisão hoje, depois de diversas audiências.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora