PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Marília Ruiz: A glória efêmera das vitórias

Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

27/11/2021 16h35

O jogo ainda não começou, mas as explicações para as eventuais derrotas de Flamengo ou Palmeiras estão prontas.

Renato tem aproveitamento excepcional desde que assumiu o Flamengo há QUATRO meses. A estatística não comove as arquibancadas novamente lotadas do Maracanã. A eliminação desastrosa para o Athlético-PR na Copa do Brasil e o "fair play" exagerado contra o Grêmio foram suficientes para enterrar o status de Renato na Gávea. Ganhar hoje pode dar sobrevida, mas pode não ser suficiente para os órfãos de Jorge Jesus modelo 2019.

Abel vive do amor e da impaciência da torcida que canta, vibra e corneta. Ser bicampeão da América certamente dará mais do que a sobrevida prevista para o ser rival: o amor verde terá vida mais longa. Mas ainda assim não pense que é ele incondicional. O português, campeão da Libertadores-20 em 2021 e da Copa do Brasil 2020 também 2021, já soube que nem os vizinhos alviverdes são tão pacientes como ele gostaria...

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL