PUBLICIDADE
Topo

Marília Ruiz

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Marília Ruiz: Muito barulho sobre o calendário do futebol brasileiro e nada

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, reclamou novamene sobre o calendário do futebol brasileiro - Cesar Greco / Palmeiras
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, reclamou novamene sobre o calendário do futebol brasileiro Imagem: Cesar Greco / Palmeiras
Marília Ruiz

Tenho 20 anos de jornalismo esportivo: 5 Copas do Mundo, 4 Olimpíadas, muitos Brasileiros, alguns Mundiais e várias Copinhas. Neste blog seguirei fazendo isso: escrevendo sobre futebol. Sem frescura. Sem mimimi. Para versões oficiais dos clubes e atletas, recomendo procurar as assessorias de imprensa.

26/10/2021 12h16

Não que seja novidade, mas o estrangulamento dos jogos no final da temporada traz um enxame de declarações raivosas, indignadas e CORRETAS contra os abusos físicos e desumanos promovidos pelo calendário.

Não que seja novidade, mas o calendário de jogos Made In Brazil não é obra apócrifa. Não é. Tem a assinatura da CBF malvadona, das federações malvadonas e dos clubes malvadões.

Recomendo a todos os técnicos que estão muito atarefados e sem folgas marquem um horário entre um voo e outro com o presidente de seus clubes para perguntar sobre a agenda de atividades do ano que vem.

Sem querer atrapalhar a alegria de ninguém com esse spoiler, mas já estão acertadas 16 datas de Estaduais, 38 rodadas de Brasileiro, além das datas de Copas para quem para elas se classificar.

Como não há previsão de mudança no movimento de translação da Terra, agravado pelo fato de todos os campeonatos (nacionais e continentais) terem de parar em 29 de outubro por causa da Copa do Mundo do Catar, prevejo mais barulho em breve. Mas nada mais do que isso.

Sem novidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL