Diego Garcia

Diego Garcia

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Vizinhos de fazenda acusam Fred por sumiço de três bois e vão à polícia

A briga de Fred, ídolo do Fluminense, com pecuaristas mineiros não envolve apenas uma passagem pela fazenda do ex-atacante. Os vizinhos acusam o diretor do time tricolor de recusar a devolução de três bois mestiços que entraram em seu terreno, cobrando pelo pasto que eles comeram para devolver os animais.

A coluna entrou em contato com Fred, que afirmou que não iria comentar o caso.

Há um ano, em agosto de 2022, eles fizeram um boletim de ocorrência na 20ª Delegacia de Polícia de Carlos Chagas (MG) relatando o caso. Eles apontam que entraram em contato com o responsável pela fazenda de Fred, no caso, seu pai, Juarez, que pediu reembolso pelo período que os bois estão em seu território.

"O solicitante (autor do b.o.) tentou por meio de mensagens de Whatsapp destinadas ao sr. Juarez uma autorização para reaver o gado. Porém, o sr. Juarez se nega a devolver os animais bovinos, solicitando pagamento pelo tempo em que o gado esteve em sua fazenda", relataram os vizinhos no boletim.

Eles disseram à policia que o pai de Fred "se negou a facilitar a resolução do problema, motivo pelo qual solicitaram o registro da ocorrência para providências subsequentes". Os policiais tentaram contato com Juarez para ouvir sua versão sobre o fato, mas não conseguiram.

Mesmo após um ano do boletim de ocorrência, os bois ainda não foram devolvidos, e os vizinhos dizem à Justiça que seguem acumulando prejuízos. Cada animal custa em torno de R$ 4 mil. Eles criam 150 cabeças de gado na região que, segundo eles, ficaram prejudicadas por conta do imbróglio com Fred.

Além disso, também apontam danos materiais por não poderem utilizar a passagem pela fazenda de Fred, como um trator que quebrou pela má conservação das estradas, que custa em torno de R$ 25 mil, e prejuízos incalculáveis pelo período sem cuidar dos animais. Outra perda seria de um pomar inteiro que ficou sem cuidados.

Os fazendeiros alegam que, após adquirirem alguns terrenos, em 2012, passaram a ser vizinhos da fazenda de Fred e, desde então, tinham permissão para acessar o local. Eles contam que passaram a criar gado em um curral ao lado do local, mas que, no fim de maio do ano passado, foram surpreendidos com portões fechados.

Com a proibição de Fred, segundo os pecuaristas, os animais passaram a viver sozinhos e sem os devidos cuidados, como suplementação alimentar e medicamentos, o que lhes trouxe prejuízos.

Continua após a publicidade

No fim de julho, a Justiça de Minas Gerais decidiu apelar ao contingente policial após Fred não cumprir uma determinação judicial que mandou o ex-jogador entregar as chaves do cadeado da portaria aos vizinhos. A fazenda é administrada pelo pai do jogador.

Em sua decisão, a Justiça determinou que o oficial de Justiça deveria acompanhar o início das atividades de manutenção da servidão de passagem pelo local, e caso haja resistência, autorizou o uso da força policial militar para garantir a ordem. Os policiais visitaram a fazenda na última quarta-feira.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes