Allan Simon

Allan Simon

Siga nas redes
ReportagemEsporte

Palmeiras e São Paulo lideram jogos da TV Globo no Brasileirão; veja ganhos

Palmeiras e São Paulo terminaram o Brasileirão 2023 como os líderes do ranking de transmissões da TV Globo, com 14 partidas cada um. De acordo com projeção feita pela coluna, cada time deverá faturar R$ 20,5 milhões apenas por esse critério de exibições em TV aberta, que responde por 30% do bolo total que é pago pela emissora aos clubes.

O contrato dessa mídia tem ainda uma fatia de 30% que vai para a premiação por posição na tabela, e outros 40% que são divididos de forma igualitária entre os 20 clubes.

A TV Globo transmitiu 89 partidas do Campeonato Brasileiro em 2023, considerando todos os jogos independentemente das praças para onde foram exibidos. É um aumento considerável em relação ao ano passado, quando 76 jogos tiveram transmissão no canal. O valor pago no bolo dos 30%, considerando a inflação aplicada nesta edição do Brasileirão (5,61% na média entre IGP-M e IPCA), ficaria na casa dos R$ 260,7 milhões.

Essa quantia seria paga em qualquer cenário, com mais ou menos jogos. O que muda é o valor individual das partidas. No ano passado, com um bolo de R$ 246,9 milhões e 76 jogos, cada transmissão valeu R$ 3,24 milhões (R$ 1,62 milhão por clube). Em 2023, com 89 partidas, o valor individual da transmissão caiu para R$ 2,92 milhões (R$ 1,46 milhão por time).

Depois de Palmeiras e São Paulo, os próximos times no ranking são Flamengo e Fluminense, com 12 transmissões cada (R$ 17,57 milhões por clube). Grêmio e Botafogo aparecem na sequência, com 11 partidas (R$ 16,11 milhões cada).

Uma curiosidade interessante é que pela primeira vez no modelo atual de contrato da TV aberta, o Santos teve mais jogos exibidos nesta mídia que o Corinthians. Foram 10 partidas do Peixe (três delas não foram exibidas na cidade de São Paulo, mas contam do mesmo jeito), contra 9 do Timão.

O Santos, assim como o Vasco, faturou por volta de R$ 14,64 milhões pelos seus 10 jogos. O Corinthians, empatado com Atlético-MG, Internacional e Coritiba, todos com 9 jogos, levou R$ 13,1 milhões.

É importante ressaltar que esses valores são projetados a partir do modelo de distribuição de receitas da TV aberta e das quantias apuradas pela coluna. Também é fundamental ter em conta que esse dinheiro se refere a 30% dos pagamentos da TV Globo. Além dos outros 70%, há todo o bolo do sportv pelas transmissões em TV paga, além da receita pelo PPV.

Outro fator que precisa ser destacado: alguns clubes podem já ter feito adiantamento de cotas de TV referentes aos valores de 2023, e por isso recebem menos do que as projeções indicam quando observados os balanços anuais. Feitas as ressalvas, segue o ranking de transmissões e o dinheiro projetado para cada clube na TV aberta:

Continua após a publicidade

1 - Palmeiras e São Paulo - 14 jogos (R$ 20,5 milhões cada)
3 - Flamengo e Fluminense - 12 jogos (R$ 17,57 milhões cada)
5 - Grêmio e Botafogo - 11 jogos (R$ 16,11 milhões cada)
7 - Santos e Vasco - 10 jogos (R$ 14,64 milhões cada)
9 - Corinthians, Atlético-MG, Internacional e Coritiba - 9 jogos (R$ 13,18 milhões cada)
13 - Bahia - 8 jogos (R$ 11,71 milhões)
14 - América-MG, Cruzeiro, Red Bull Bragantino e Fortaleza - 7 jogos (R$ 10,25 milhões cada)
18 - Athletico Paranaense - 5 jogos - (R$ 7,32 milhões)
19 - Goiás - 4 jogos - (R$ 5,85 milhões)
20 - Cuiabá - 3 jogos - (R$ 4,39 milhões)

5 coisas que você precisa saber após ler este texto:

1 - O contrato de TV aberta distribui ainda uma quantia igualitária de quase R$ 17,4 milhões a todos os clubes, valores referentes a 40% do total do acordo.

2 - Os jogos do sportv contam em um ranking separado, já que o valor é diferente e nem todos os participantes da Série A possuem acordo com o canal - Athletico é a exceção, já que tem contrato com a TNT (TV paga) e a CazéTV (PPV).

3 - Os valores do pay-per-view (PPV) também são separados. Não contam número de jogos, e sim percentuais sobre o total de vendas, exceto para alguns clubes que possuem mínimos garantidos por contrato, como Flamengo, Corinthians, Palmeiras e Grêmio.

4 - Os contratos de TV aberta e TV paga bancam a premiação por posição do campeonato com 30% de seus valores totais, um bolo diferente do que é distribuído pelo número de transmissões na Globo e no sportv. Confira mais sobre os prêmios em dinheiro aqui.

Continua após a publicidade

5 - Os valores são estimados com base em apuração própria da coluna e podem variar nos balanços dos clubes no ano que vem, especialmente aqueles que já anteciparam em outros exercícios fiscais as cotas referentes ao Brasileirão 2023.

Conheça o meu canal no YouTube e veja mais sobre o mundo da mídia esportiva

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes